quinta-feira, 10 de maio de 2007

Fisioterapia na AIDS







http://www.fernandadaniel.com.br/clinica/images/stories/notcias/aids1.jpg

Os dias atuais consideramos a AIDS como uma doença crônica, devido a uma série de recursos que dispomos.

A síndrome da imunodeficiência adquirida AIDS é uma doença causada por infecção com destruição progressiva das células do sistema imune, pelo vírus da imunodeficiência humana HIV.
Dentro destes recursos gostaria de enfatizar a Fisioterapia Respiratória como tratamento paliativo e preventivo as patologias respiratórias associadas ao HIV, pois a medida em que o organismo vai sendo fragilizado, é comum que aparecem as doenças ditas oportunistas que afetam o Sistema Respiratório.

É baseado no grande número de complicações respiratórias, que realizou-se este trabalho, onde foi necessário que as crianças se submetessem a três seções semanais, com duração de quarenta minutos cada, durante cinco meses, sendo dez crianças na faixa de 0 a 8 anos, onde seis eram do sexo feminino e quatro do masculino, a terapia utilizada foi:

Inaloterapia com soro fisiológico a 0,9%

Manobras desobstrutivas (percussão, punho percussão, vibração, vibro compressão)

Padrões ventilatórios ( Padrão p/ broncoespasmo, Padrão intercostal, Padrão de expiração abreviada, soluço inspiratório e diafragmático , quando a criança colaborava.)

Posturas de drenagem ( trendelemburg, decúbitos laterais e fawler )

Técnicas de tosse ( Expiração forçada, huffing)

Estimulo de tosse (Fúcula Esternal, abaixador de língua " espátula" ). Esta terapia variava conforme a ausculta pulmonar e a idade da criança.

Quanto aos resultados a figura abaixo mostra a relação de número de afecções pelo tempo de tratamento, onde foram observados, vinte e três casos de afecções respiratórias antes do início do tratamento fisioterápico e sete casos de afecções durante os cinco meses de tratamento.



Em geral os resultados obtidos correspondem as expectativas comprovando a eficácia da Fisioterapia respiratória como método profilático, e nos reafirmando a necessidade de buscar com diligencia meios onde possamos dar ensejo de uma melhor qualidade de vida a estas crianças.

Infectologia
O papel da Fisioterapia é extremamente importante e fundamental para o tratamento das doenças infecto contagiosas.

A SIDA (Sinndrome da Imunodeficiência Adquirida) que hoje desafia a Medicina, é extremamente receptiva ao tratamento Fisioterápico Respiratório e Neurológico como tratamento paliativo ou preventivo as doenças oportunistas que muitas vezes definem um prognostico.

Já acessou o FAÇA FISIOTERAPIA hoje?
Saiba mais sobre ESSE ASSUNTO clicando aqui!
Receba as NOTÍCIAS no seu email se inscrevendo aqui!
Veja os melhores EQUIPAMENTOS e CURSOS ON LINE de Fisioterapia.
Assista VIDEOS de Fisioterapia



COMENTE O POST

Shopping