Fisioterapia na AIDS







http://www.fernandadaniel.com.br/clinica/images/stories/notcias/aids1.jpg

Os dias atuais consideramos a AIDS como uma doença crônica, devido a uma série de recursos que dispomos.

A síndrome da imunodeficiência adquirida AIDS é uma doença causada por infecção com destruição progressiva das células do sistema imune, pelo vírus da imunodeficiência humana HIV.
Dentro destes recursos gostaria de enfatizar a Fisioterapia Respiratória como tratamento paliativo e preventivo as patologias respiratórias associadas ao HIV, pois a medida em que o organismo vai sendo fragilizado, é comum que aparecem as doenças ditas oportunistas que afetam o Sistema Respiratório.

É baseado no grande número de complicações respiratórias, que realizou-se este trabalho, onde foi necessário que as crianças se submetessem a três seções semanais, com duração de quarenta minutos cada, durante cinco meses, sendo dez crianças na faixa de 0 a 8 anos, onde seis eram do sexo feminino e quatro do masculino, a terapia utilizada foi:

Inaloterapia com soro fisiológico a 0,9%

Manobras desobstrutivas (percussão, punho percussão, vibração, vibro compressão)

Padrões ventilatórios ( Padrão p/ broncoespasmo, Padrão intercostal, Padrão de expiração abreviada, soluço inspiratório e diafragmático , quando a criança colaborava.)

Posturas de drenagem ( trendelemburg, decúbitos laterais e fawler )

Técnicas de tosse ( Expiração forçada, huffing)

Estimulo de tosse (Fúcula Esternal, abaixador de língua " espátula" ). Esta terapia variava conforme a ausculta pulmonar e a idade da criança.

Quanto aos resultados a figura abaixo mostra a relação de número de afecções pelo tempo de tratamento, onde foram observados, vinte e três casos de afecções respiratórias antes do início do tratamento fisioterápico e sete casos de afecções durante os cinco meses de tratamento.



Em geral os resultados obtidos correspondem as expectativas comprovando a eficácia da Fisioterapia respiratória como método profilático, e nos reafirmando a necessidade de buscar com diligencia meios onde possamos dar ensejo de uma melhor qualidade de vida a estas crianças.

Infectologia
O papel da Fisioterapia é extremamente importante e fundamental para o tratamento das doenças infecto contagiosas.

A SIDA (Sinndrome da Imunodeficiência Adquirida) que hoje desafia a Medicina, é extremamente receptiva ao tratamento Fisioterápico Respiratório e Neurológico como tratamento paliativo ou preventivo as doenças oportunistas que muitas vezes definem um prognostico.
Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.