Fisioterapia preventiva pode garantir o bem-estar de pacientes com câncer de mama







O modelo médico por muito tempo se focou na doença, numa forma de pensar a saúde que pode ser qualificada como "reabilitadora". Durante esse período, a prevenção de problemas e a promoção de saúde não faziam parte do leque de atuação do profissional. Mas este padrão está mudando.

É o que mostra o artigo "As práticas do cuidar na oncologia: experiência da fisioterapia em pacientes com câncer de mama", publicado em julho do ano passado na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos. De acordo com o trabalho, este novo estilo de fazer medicina também estaria se estendendo para a fisioterapia oncológica.

Lina Faria é pesquisadora do Instituto de Medicina Social, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e autora do artigo. Em entrevista à Agência Notisa, ela afirma que "mais do que recuperar ou curar pessoas, a fisioterapia preventiva vem criando condições para a saúde, o bem-estar e a participação social", através de atividades que visam a prevenção de complicações, em todas as fases do desenvolvimento desta doença: "no diagnóstico; no tratamento; na recorrência da doença e nos cuidados paliativos", enumera. A fisioterapia oncólogica, assim, "lida com as sequelas próprias do tratamento, atuando de forma preventiva para minimizá-las", afirma a pesquisadora no artigo.
 
A pesquisa defende a importância do início de um programa fisioterapêutico precoce no tratamento de câncer de mama, antes dos pacientes apresentarem complicações, como "limitações de movimentos, dor, linfedema e aderência cicatricial". Lina explica que, procedendo dessa forma, o paciente "diminui o tempo de internação e retorna mais rapidamente às atividades diárias e ocupacionais".

No pós-operatório, a pesquisadora afirma que existem várias terapias indicadas, a saber: "algumas baseadas em exercícios de alongamento global e fortalecimento muscular, exercícios respiratórios, manobras de drenagem linfática manual, além de movimentos de facilitação neuromuscular proprioceptiva e atividades funcionais", com destaque também para técnicas de Reeducação Postural Global (RPG), cinesioterapia, crioterapia, mobilização passiva e técnicas de relaxamento muscular.

É importante que se conheçam as técnicas de fisioterapia preventiva disponíveis, bem como seus benefícios para os pacientes com câncer de mama, uma vez que esta é uma das maiores causas de mortalidade entre mulheres no Brasil atual, podendo ser qualificado como "um importante problema de saúde pública", argumenta a autora no artigo. Dessa forma, "cada vez mais se faz necessária a atuação da fisioterapia em pacientes com câncer de mama, do ponto de vista do tratamento e da prevenção, para minimizar os efeitos da cirurgia radical ou mesmo superá-los", conclui na publicação.

Agência Notisa (science journalism – jornalismo científico)

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping