terça-feira, 10 de abril de 2012

Pompage global






Esta manobra independente de qualquer mobilização global da fáscia, relaxando todas as tensões à distância. É agradável ao paciente e relaxa fisicamente.

O paciente deve-se posicionar em decúbito dorsal, com os membros inferiores alongados e não cruzados, seus braços ao longo do corpo e relaxados, palmas das mãos voltadas para o teto;

O fisioterapeuta senta-se à cabeceira do cliente, com os antebraços apoiados sobre a mesa. Escorrega suas duas mãos sob o occipital repousando em suas palmas. Os polegares devem apoiar-se contra as têmporas, os indicadores sobre as apófises mastóideas, a extremidade dos outros dedos levemente fletidas ao longo da linha curva occipital superior;

A pompage deve ser realizada de maneira suave e simétrica tensionando com as duas mãos simultaneamente.

Mobilização global da fáscia

Esta manobra é uma excelente pompage linfática torácica. O paciente encontra-se em decúbito dorsal.

O terapeuta encontra-se em pé à cabeceira, suas duas mãos colocadas uma sobre a outra sobre o esterno do cliente. O punho da mão inferior apoia-se sobre o manúbrio, o dedo médio da mão superior prende levemente o processo xifoide.

Ao final da inspiração do paciente, o fisioterapeuta amplifica a descida do tórax por um leve empurrar sobre o manúbrio. No final da inspiração ele amplifica da mesma forma a elevação do tórax por uma pequena tração sobre o processo xifoide. Estas duas manobras devem ser realizadas sem quebrar o ritmo respiratório do paciente.

Já acessou o FAÇA FISIOTERAPIA hoje?
Saiba mais sobre ESSE ASSUNTO clicando aqui!
Receba as NOTÍCIAS no seu email se inscrevendo aqui!
Veja os melhores EQUIPAMENTOS e CURSOS ON LINE de Fisioterapia.
Assista VIDEOS de Fisioterapia



COMENTE O POST

Shopping