Os cuidados em exercícios isométricos







http://1.bp.blogspot.com/-JaOUBwvqROg/UbpVmE0B7MI/AAAAAAAAARc/e3wV_YYjhj8/s1600/Isometrico+1.jpg

Sempre que um músculo recebe um estímulo nervoso gera uma contração que pode ser de dois tipos: isotônica ou isométrica.

Na contração isotônica, a força gerada pelo músculo é superior à proporcionada pela força de gravidade e à resistência dos segmentos esqueléticos nos músculos aos quais está unido, o que provoca a contração do músculo e a sua consequente aproximação ao segmento esquelético que movimenta.

Na contração isométrica, a força gerada pelo músculo é inferior à proporcionada pela gravidade e resistência dos segmentos esqueléticos aos quais se encontra unido. Nestes casos, como o músculo aumenta a sua tensão interna em vez de a reduzir, não origina qualquer movimento. Os exercícios isométricos provocam contrações que independem de movimentação corporal. O nome vem do fato de que participam de sua execução dois grupos musculares de ações contrárias.

Neste post falaremos um pouco sobre os exercícios isométricos que
além de tonificar a musculatura, tornando-a mais definida, auxiliam na estabilização das articulações. Quanto mais fortes forem os músculos e tecidos ao redor das juntas, melhor irão suportar e protegê-las. Com isso, previnem-se lesões nas articulações, quando na prática de esportes e má postura.

Embora seja utilizado por fisioterapeutas em vários tipos de situações, esse tipo de exercício tem contra indicações que precisam ser abordadas. O problema básico do exercício isométrico é que ele provoca um aumento brutal da pressão arterial a tal ponto que pode provocar rompimento de vasos sangüíneos.

Por ser um exercício que provoca aumento da pressão arterial, não pode ser usado para pacientes hipertensos. É recomendável ter cuidado pra pacientes cardiopatas e com problemas vasculares. Além deles, tem que tomar cuidado para fazer esse tipo de exercício em crianças, idosos, fumantes e sedentários.

A contra indicação não é total. Esses exercícios podem fazer parte do treino de quem deseja se prevenir de atrofias musculares ou como auxiliares na recuperação de quem sofre com algum tipo de imobilidade, pois praticar isométricos ajuda no seu desenvolvimento motor. Portanto, é preciso tomar cuidado na execução dos movimentos.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping