A Fisioterapia na síndrome pré-menstrual






http://blogdemujeres.com/wp-content/uploads/2015/06/C%C3%B3mo-sentirse-bien-durante-el-s%C3%ADndrome-premenstrual.jpg

A síndrome pré-menstrual (SPM) é um complexo de sintomas que se iniciam entre o 10º e o 14º dias antecedentes à menstruação e cessam no início do fluxo menstrual1. Essa sintomatologia cíclica da fase lútea do período menstrual é idiopática e afeta mulheres em idade reprodutiva.

Os sintomas mais comuns se dividem entre:

- somáticos - irritabilidade, alterações de humor, comportamento depressivo, impulsividade e confusão mental

- físicos: fadiga, mastalgia, edema abdominal, lombalgia, insônia, aumento de peso temporário, enxaqueca, aumento do apetite e presença de edema de extremidades.

A sintomatologia é provavelmente multifatorial. Alguns fenômenos relacionados à ocorrência da SPM são:

- desequilíbrio entre estrógeno e progesterona;

- excesso de prolactina;

- deficiência das vitaminas B6 e E;

- atividade inapropriada de prostaglandinas;

- alterações na ação das endorfinas e serotoninas

As estratégias de tratamento que visam amenizar ou eliminar os sintomas, minimizando o impacto nas atividades de vida diária e nas relações interpessoais femininas, são várias. Os atuais tratamentos para a SPM são o medicamentoso - sendo utilizados diuréticos, antidepressivos, ansiolíticos e supressores da ovulação - e o não-medicamentoso, que consiste em medidas comportamentais, prática de atividades físicas, atividades relaxantes, repouso, orientações sobre os sintomas e alimentação hipossódica visando a não-retenção hídrica. Em casos graves, recorre-se a tratamento cirúrgico ou à suspensão da ovulação.

A fisioterapia propicia benefícios para pacientes que apresentam diversos tipos de edemas e linfedemas, utilizando freqüentemente a técnica de drenagem linfática manual (DLM), que consiste em um conjunto de manobras específicas que atuam sobre o sistema linfático, visando drenar o excesso de líquido acumulado no interstício. São porém escassos ensaios clínicos que investiguem a ação das técnicas de fisioterapia, e principalmente da DLM, nos edemas pré-menstruais e em outros sintomas da SPM. Portanto, o objetivo deste estudo foi analisar a evolução dos sintomas da síndrome pré-menstrual e avaliar a qualidade de vida em mulheres jovens submetidas à técnica de drenagem linfática manual.

Fonte

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.