Doenças Pulmonares Ocupacionais






http://2.bp.blogspot.com/-3cm1kJY9B70/UVRyMBNNIkI/AAAAAAAACtw/EOwqVjMp2Ms/s1600/pulmao-884x406.jpg
Segundo dados do National Institute for Occupational Safety and Health-NIOSH, EUA, a cada dia, em média, 137 indivíduos morrem devido a doenças relacionadas com o trabalho. A cada 10 segundos, um trabalhador é temporária ou permanentemente incapacitado e, no ano de 1994, estimou-se em US$ 121 bilhões o custo relacionado com as doenças ocupacionais. Dentre essas, as doenças pulmonares ocupacionais estão entre as maiores causas de morbi-mortalidade entre os trabalhadores.
Estima-se em 20 milhões o número de trabalhadores potencialmente expostos ocupacionalmente a agentes desencadeantes de asma ocupacional e de doença pulmonar obstrutiva crônica de causa relacionada com o ambiente de trabalho. Estima-se, também, que 28% dos casos de asma brônquica têm origem ocupacional; 14% dos casos de DPOC são de origem industrial e 5% a 10% do câncer de pulmão esteja relacionado com o trabalho.
No Brasil, estes dados são incompletos, inexistentes ou inconsistentes.
Os índices de prevalência e incidência ainda hoje são alarmantes. A asma ocupacional e as pneumoconioses são as doenças predominantes. Os custos, envolvendo compensações securitárias, indenizações, despesas administrativas, reabilitação profissional, entre outros, são elevados. Nos Estados Unidos, segundo o NIOSH, para o ano 2000, foram despendidos cerca de US$ 140 bilhões com as doenças ocupacionais.
As principais Doenças Pulmonares Ocupacionais :

  • pneumoconioses (fibrogênicas e não fibrogênicas);
  • asma ocupacional;
  • pneumonites por hipersensibilidade;
  • DPOC de origem ocupacional, não tabágica;
  • febre por inalação de fumos, esporos e gases;
  • câncer do pulmão relacionado com a exposição ocupacional.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.