Hálux Valgo






http://www.blpilla.net/drpinto/images/stories/halux.jpg


Há um mito no tratamento de joanetes, este mal que acomete principalmente milhares de mulheres, por problemas congênitos ou o uso inadequado dos sapatos. A maioria das pessoas ainda acredita que a cirurgia de reparo é muito dolorida e de recuperação difícil. Para desfazer este mito e oferecer as informações necessárias inclusive para a prevenção deste problema, Dr. Caio Nery, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé dá algumas dicas.

Não há quem desconheça o termo joanetes e seu significado na patologia dos pés. O termo refere-se às massas salientes e visivelmente dolorosas, que surgem na região de transição dos pés com os grandes dedos (hálux).

O Hálux valgo pode ser produzido pela ação direta dos calçados de pontas estreitas e saltos altos que forçam uma estrutura trapezoidal (o antepé) a permanecer em uma área triangular (câmara anterior dos calçados). A elevação dos saltos desloca o peso corporal para a frente do pé de forma a atuar como um agente de reforço para a produção da deformidade.

Outra causa frequente é a presença do desvio congênito do primeiro dedo (metatarso primo varo), que torna o antepé largo. Quando calçado, mesmo em sapatos não tão apertados, há uma desproporção entre o conteúdo e a região e o grande dedo é empurrado lateralmente. Esta forma de Hálux Valgo aparece já no início do desenvolvimento da pessoa - até em crianças - e recebe a denominação de Hálux Valgo Juvenil.

Os pés planos podem, por propiciar uma marcha inadequada sobre a borda interna dos pés, produzir um deslocamento lateral do grande dedo, gerando toda a gama de alterações características do hálux valgo. As doenças articulares ou neurológicas que produzam desequilíbrios neuro-musculares dos pés podem também culminar com a produção de quadros completos da deformidade.

O paciente, geralmente do sexo feminino (cinco mulheres para apenas um homem), sente dor na região da exostose e bursa ou sob as cabeças dos metatársicos (calos nas plantas dos pés). Costumamos dizer que, depois de sua recuperação, a pessoa tratada tem a mesma chance de uma pessoa normal ter "outro" Hálux Valgo.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping