Articulação de Charcot






Articulação de Charcot

--------------------------------------------------------------------------------

A articulação de Charcot (doença neuropática articular) é consequência de lesões dos nervos, que impedem a percepção da dor articular por parte da pessoa afectada. Por conseguinte, as lesões e fracturas insignificantes e repetidas passam despercebidas, até que a deterioração acumulada acaba por destruir a articulação de forma permanente.

Os nervos que transmitem sensações às articulações também podem ser afectados em consequência de uma variedade de lesões, doenças e perturbações como a diabetes mellitus, as doenças da coluna vertebral e a sífilis.

Sintomas e diagnóstico

Podem decorrer muitos anos antes que o processo origine uma disfunção articular e os sintomas correspondentes. Contudo, logo que os sintomas se desenvolvem, a doença pode evoluir tão rapidamente que a articulação é destruída em poucos meses.
Na fase inicial, a articulação de Charcot confunde-se muitas vezes com a artrite. É frequente a rigidez e a presença de líquido na articulação. Habitualmente, a articulação não dói ou é menos dolorosa do que se poderia supor, considerando a magnitude da lesão articular. Contudo, se a doença progride rapidamente, a articulação pode tornar-se extremamente dolorosa e, nestes casos, incha frequentemente por excesso de líquido e por um novo crescimento ósseo. Com frequência, a articulação deforma-se como consequência das fracturas repetidas; estas, somadas ao facto de os ligamentos se distenderem de uma forma anormal, podem conduzir a uma deslocação. Os fragmentos ósseos podem flutuar à volta da articulação, causando um som rude e áspero ao movê-la.

Embora o joelho seja, muitas vezes, o mais afectado, esta doença pode desenvolver-se em quase todas as articulações.

Afecta o pé com maior frequência nas pessoas que sofrem de diabetes. As articulações afectadas (com frequência uma única e habitualmente não mais de duas ou três) dependem da localização da lesão do nervo.

Há suspeita do diagnóstico quando uma pessoa que sofre de uma doença neurológica manifesta uma lesão articular relativamente indolor. Os sintomas articulares apresentam-se habitualmente anos depois da lesão do nervo. As radiografias mostram a lesão da articulação que, muitas vezes, é acompanhada de depósitos de cálcio e de crescimento ósseo anormal.

Prevenção e tratamento

Em alguns casos, as articulações de Charcot podem ser evitadas. O tratamento da doença neurológica subjacente pode atrasar ou inclusive fazer reverter a destruição da articulação. O diagnóstico e a imobilização das fracturas indolores e o entalamento das articulações instáveis ajuda a deter ou minimizar a lesão articular. As ancas e os joelhos podem ser substituídos cirurgicamente por uma prótese, se a doença neurológica não progredir; mas as próteses costumam soltar-se de forma prematura.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping