sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Espondilose Lombar






Os raios-X das costas muitas vezes revelam sinais de alterações por envelhecimentos nos discos intervertebrais e articulações facetarias. Na verdade, elas estão presentes em quase todas as pessoas mais velhas. Embora os indivíduos com estas alterações tenham dor nas costas com mais freqüência, não há uma correlação clara entre o desgaste e os sintomas da dor nas costas. Um indivíduo pode apresentar evidências importantes de desgaste e, mesmo assim, não ter nenhum sintoma. Por esta razão, os sinais de desgaste na coluna devem ser tratados com cautela. O simples fato de você ter estes sinais e também ter dor nas costas não significa que as alterações sejam a causa do sintoma. Também não significa que as alterações, mas não tem dor nas costas, está destinado a ter problemas e a se tornar incapacitado no futuro.

Na espondilose lombar, a dor é sentida de um lado da região lombar e, às vezes, é pior de um lado que de outro. A dor piora com exercício físico e quando o indivíduo se curva, é amenizada com o repouso. Contudo alguns pessoas tendem a se enrijecer quando permanecem em uma única posição. Isso pode ser mais perceptível logo que se acorda de manhã ou quando se permanece sentado em uma poltrona por um período prolongado. A dor pode se irradiar para as nádegas e, às vezes, para a parte posterior da coxa. Ao exame, os movimentos das costas estão geralmente limitados. De um modo geral, só acontece em relação em relação a certos movimentos específicos, enquanto os outros permanecem relativamente livres.



Já acessou o FAÇA FISIOTERAPIA hoje?
Saiba mais sobre ESSE ASSUNTO clicando aqui!
Receba as NOTÍCIAS no seu email se inscrevendo aqui!
Veja os melhores EQUIPAMENTOS e CURSOS ON LINE de Fisioterapia.
Assista VIDEOS de Fisioterapia



COMENTE O POST

Shopping