Agulhas que emagrecem







Pressoterapia

A palavra Shiatsu significa pressão com o dedo. E por que tem esse significado? O Shiatsu é uma terapia oriental que utiliza movimentos de pressão com as mãos mais precisamente pressão com o polegar e os três últimos dedos para equilibrar a energia corporal do paciente. Essa energia, denominada ki ou tchi, foi descoberta e estudada pelos chineses há mais de mil anos. Inicialmente, ela foi tratada através da acupuntura, na época do governo do chamado Imperador Amarelo. Esse grande imperador chinês escreveu o famoso livro que contém os fundamentos da medicina chinesa, posteriormente aplicados no Shiatsu. Segundo os orientais, existem canais de energia, denominados meridianos, que percorrem todo o nosso corpo, de modo semelhante ao sistema circulatório.

Os meridianos estão localizados entre a pele e os músculos e possuem diversos pontos de entrada e saída de energia em seus trajetos. Os canais de energia estão intimamente relacionados ao funcionamento dos órgãos e vísceras do organismo. Quando a energia corporal está desequilibrada ou doente, ela pode afetar o funcionamento dos órgãos ou das vísceras. Segundo os orientais, a doença começa, na verdade, nos meridianos de energia e, depois evolui para os órgãos e vísceras, se não for tratada logo. Por essa razão, o Shiatsu seria um tratamento preventivo.

No Shiatsu, são trabalhados todos os meridianos, dando-se ênfase aos pontos relacionados ao desequilíbrio apresentado por cada paciente. O desequilíbrio energético pode se manifestar de duas formas básicas: excesso ou falta de energia. Geralmente, em ambos os casos, a energia se encontra bloqueada em alguns pontos do trajeto dos meridianos devido a várias causas. As causas principais são: stress, distúrbios emocionais, alimentação incorreta, excesso de bebidas alcoólicas, cigarro, drogas em geral, choques térmicos, predisposição hereditária etc. Os sintomas do excesso de energia, em geral, são: sensação grande de calor, pele quente, ansiedade ou angústia, irritação, contrações musculares superficiais, sede, azia, insônia, hipertensão etc.

Os sintomas da falta de energia são: sensação de frio excessivo, pele fria, suor frio, pressão baixa, falta de apetite, excesso de sono, depressão, flacidez muscular ou contrações profundas etc. O tratamento para o desequilíbrio consiste em dois procedimentos principais: sedar (reduzir) o excesso de energia e tonificar (aumentar) a energia que está fraca. Durante o tratamento é necessário verificar as partes do organismo onde a energia está congestionada ou bloqueada e determinar os principais fatores que estão gerando o desequilíbrio energético. fácil!

Fonte: www.terravista.pt

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping