Fisioterapia na saúde da mulher






As mulheres destacam-se como grupo de grande demanda nos serviços de atenção à saúde. O atendimento em Saúde da Mulher exige do profissional uma atenção especial que ultrapassa o limite da especificidade passando por um olhar mais global, com ênfase na prevenção dos agravos e na promoção da saúde integral da mulher.

A atuação da fisioterapia na saúde da mulher permite intervir sobre vários aspectos da função e do movimento humano, que sofrem mudanças e alterações durante as fases de vida da mulher, desde a adolescência até a fase adulta, passando pelo período gestacional, menopausa e terceira idade. A fisioterapia na saúde da mulher atua com patologias que freqüentemente atingem o sexo feminino, tais como a Incontinência Urinária, Câncer de Mama ou Fibromialgia, para citar alguns exemplos.

A fisioterapia como uma área atuante na saúde feminina, fundou a Associação Brasileira de Fisioterapia em Saúde da Mulher (ABRAFISM) que é uma associação civil, sem fins lucrativos, representativa dos Fisioterapeutas que atuam na área de Saúde da Mulher no Brasil. Foi criada por fisioterapeutas de todo o país, reunidos em assembléia durante o Cobraf em São Paulo no dia 07/10/2005. O encontro começou com apresentações da representante da Confederação Mundial de Fisioterapia (WCPT) Dra. Brenda Myers. No dia 4/6/2007, a ABRAFISM deu um passo histórico, se tornando a primeira associação da América Latina a se tornar membro da Organização Internacional de Fisioterapia em Saúde da Mulher (IOPTWH) durante o Congresso Mundial de Fisioterapia realizado em Vancouver no Canadá. A filiação da ABRAFISM a IOPTWH representa um benefício direto ao Associado ABRAFISM que passa automaticamente a fazer parte de uma organização internacional que lhe proporciona um canal de comunicação com o mundo, favorecendo assim sua participação crescente e inserção no cenário internacional da Fisioterapia em Saúde da Mulher.

A fisioterapia na saúde da mulher desenvolve trabalhos preventivos e reabilitadores nas áreas de oncologia mamária e ginecológica, climatério, gestação e pós-parto, dor pélvica crônica e uroginecologia (incontinência urinária e fecal, disfunções sexuais), visando melhoria nas condições físicas da mulher através de programas personalizados e especializados de acordo com suas necessidades.

Durante a gestação, uma das principais atuações dos fisioterapeutas está relacionada com as dores lombares, comum em mulheres grávidas. O fisioterapeuta se apresenta como um profissional da área da saúde capaz de contribuir com a melhora da qualidade de vida da gestante, amenizando suas queixas, através de um programa educativo e terapêutico. Os exercícios diminuem as chances de a mulher ter dores de alta intensidade durante a gestação, que limitam a execução das atividades diárias, além de contribuir para a melhora da auto-estima da gestante e evitar o ganho excessivo de peso, comum na gravidez.

Após a cirurgia para a retirada de um câncer de mama, a mulher passa a ter uma nova realidade de seu esquema corporal devido alterações importantes que ocorreram em níveis anatômico, fisiológico e funcional. É baseada nessas alterações que a reabilitação física, através da fisioterapia, desempenha papel fundamental por apresentar um conjunto de possibilidades terapêuticas físicas suscetíveis intervindo desde a mais precoce recuperação funcional até a prevenção e tratamento de seqüelas como dor, restrição de movimentos, diminuição de força muscular, aderência da cicatriz e linfedema.

Linfedema é o excesso de fluidos acumulado fora do vaso linfático que provoca inchaço e dor no membro afetado. A fisioterapia regride os transtornos do linfedema e evita que este aumente com o tempo, o que poderia gerar maior risco de infecções.

Leia a continuação clicando aqui

Escrito por Juliana Mancuso
Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.