Fisioterapia no Basquete







O basquetebol por ser um esporte de contato entre os jogadores tanto na defesa quanto no ataque pode acontecer várias lesões que o fisioterapeuta pode atuar.

As lesões de tornozelo são as mais freqüentes em atletas de basquetebol, em todas as categorias e em ambos os sexos. A maioria delas ocorre no momento de aterrisagem após arremessos e rebotes, principalmente em contato com outros jogadores.

Atletas das categorias de base podem desenvolver uma dor na região posterior do calcâneo que pode ser condizente com a Osteocondrite de Sever (Apofisite de Tração).

As lesões na perna de jogadores de basquete, geralmente estão relacionadas a partes moles como estiramentos musculares (Tennis Toe) da panturrilha e lesões no tendão de calcâneo durante o salto ou arranque.

A articulação do joelho também é frequentemente lesionada tanto de forma aguda como de forma crônica. As lesões meniscais e ligamentares são decorrentes de movimentos bruscos, deslocamentos, saltos, giros e movimentos repetitivos. As lesões ligamentares de joelho nas mulheres são de 2 a 5 x mais freqüentes do que nos homens devido a fatores extrínsecos e intrínsecos.

As lesões de ordem crônicas em membros inferiores são as tendinopatias patelares, condromalácia patelar, tendinite da pata de ganso, fraturas por estress da patela e bursite de trocanter maior

Das lesões de membros superiores, as lesões mais encontradas foram as articulares de mãos e dedos que foi comprovada em estudo de (ANDREOLI, WAJCHENBERG & PERRONI, 2003) com o resultado de 75% dos casos de luxação e de 96% dos casos de fraturas.

As lesões no ombro de jogadores de basquete não são tão freqüentes, pois a musculatura desenvolvida na região do ombro promove estabilidade articular, outro fator que diferencia o basquete dos outros esportes em queixa de dor no ombro é que os movimentos repetitivos de arremessos do basquete privam pela técnica e não pela velocidade como em outros esportes como no handebol, vôlei etc.

Devido à movimentação de giro, deslocamentos, saltos e corrida, a coluna do atleta de basquete pode sofrer sobrecarga se não estiver com a musculatura bem preparada para suportar a demanda de movimentos. As regiões mais acometidas são a torácica e lombar, e as lesões mais comuns são as de traumas de tecidos moles como unidades musculotendíneas e ligamentares. As fraturas da coluna, geralmente na região lombar podem surgir em decorrência de quedas.



Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping