Pilates na sindrome de parkinson






Pilates na prevenção de quedas em idosos 

O mal de Parkinson é uma doença neurológica que caracteriza-se principalmente por bradicinesia (lentidão dos movimentos), rigidez muscular global e tremores focais ( em uma área do corpo) ou generalizados. 

Em sua evolução o paciente pode apresentar ainda alterações posturais, dificuldades para a fala e movimentos minuciosos com as mãos e desequilíbrios posturais e de coordenação motora, embora a parte mental permaneça durante um bom tempo inabalado. 

Os movimentos no Pilates são controlados – algumas vezes movendo o corpo somente alguns centimetros – mas estes pequenos movimentos estão fazendo uma enorme diferença para algumas pessoas com o mal de Parkinson. Então como o Pilates pode ajudar este paciente em sua condição? Os sinais podem ser retardados, senão controlados, quando o paciente faz a ativação correta da musculatura de seu corpo na execução das ações, mesmo nas atividades de vida diária como higiene, alimentação, vestuário e afazeres domésticos simples, como limpar a casa, cozinhar, cuidar de seus animais.  Como não há o abalo mental, o paciente pode fazer esses exercícios com consciência  para a melhora da postura e  outros beneficios. 

A melhora da marcha e do equilíbrio vêm junto com o ganho de força muscular, com o alongameto da musculatura rígida, trazendo assim melhor coordenação motora nos exercícios realizados sempre bilateralmente. Tudo isso traz bem-estar ao paciente que se vê mais útil e capaz. 

O Pilates trabalha o corpo e a mente! 

Portanto, Pilates e Mal de Parkinson podem sim andar juntos! Mantendo a medicação controlada e o bom acompanhamento clínico e do seu instrutor de Pilates devidamente preparado para entender os anseios e dificuldades deste paciente. O maior benefício do Pilates neste caso é a melhor qualidade de vida.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.