Sindrome do tunel do carpo








Dormência nas mãos, mais intensa à noite, chegando a prejudicar o sono e exigindo que a pessoa saia da cama e "sacuda" as mãos é um sintoma atribuído, com freqüência, a problemas nervosos ou "má circulação". 

Na verdade, na maioria das vezes, trata-se de um problema totalmente diferente: é a compressão do nervo mediano, responsável pela sensibilidade em parte da mão, que está comprimido na altura do punho. 

Porquê? Verificou-se que um ligamento que existe transversamente na face palmar, chamado de retináculo flexor, torna-se espessado e comprime o nervo mediano que passa abaixo dele. 

Este espessamento ocorre após microtraumas freqüentes, durante as atividades diárias, sendo mais freqüentes em mulheres expostas a atividades manuais como lavar roupas ou digitação. 

Para confirmar se uma pessoa sofre da "Síndrome do Túnel do Carpo" o principal exame utilizado é a eletroneuromiografia, que nos dá informações exatas sobre a existência de compressão e da sua intensidade. 

O único tratamento eficiente para este problema é a cirurgia, que consiste em cortar o retináculo flexor abrindo o "teto" do túnel do carpo e liberando o nervo. 

A cirurgia pode ser adiada com medicamentos analgésicos e antiinflamatórios, ou infiltrações e fisioterapia com imobilizações temporárias. 

A falta de tratamento pode, com o tempo, levar a uma lesão funcional significativa da mão, com atrofia de músculos e "dormência definitiva". 

É possível prevenir este problema. Se você exerce atividade nas quais há o ato de pressionar ou friccionar os punhos, procure exercê-las sob proteção e tente evitar os microtraumas sobre o punho. 

Retirado do site do Drº Alexandre Miranda. Visite!!

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.