Paralisia cerebral coreatetóide







Os tipos de PC são classificados de acordo com seus déficits motores e apresentação do tônus muscular (espásticos, atáxicos, atetóides e mistos), de acordo com a porção corporal atingida (hemiparesia, diparesia e tetraparesia) e de acordo com a severidade do acometimento (leve, moderado e grave). As razões para esta diversidade de apresentações devem-se a grande variedade dos fatores etiológicos, localização das lesões e a base do controle motor no PC, que podem ocorrer em três momentos: durante a gestação, durante o parto e pós parto até dois anos de idade.

Falaremos hoje das crianças afetadas com o tipo coreoatetóide que sofrem principalmente com a presença de movimentos  involuntários que parasitam as ações motoras voluntárias, bem como o controle da postura. A severidade da seqüela varia de distúrbios na marcha até sérias incapacidades, como a de manter a cabeça retificada. 

Em pessoas com seqüelas moderadas e graves, os déficits no controle postural são visíveis; incapacidades motoras e funcionais estão presentes e impedem a manutenção da retificação da postura ortostática. Estabilizar e alinhar a cabeça e do tronco na melhora da habilidade funcional da manipulação das mãos dessas pessoas, mesmo que a estabilidade seja construída externamente é fundamental.





Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping