Fisioterapia e Osteoporose







A osteoporose é uma doença silenciosa e pouco sintomática dos ossos. Afeta a estrutura dos ossos, tornando-se frágeis e diminuindo a sua capacidade de suportar o peso corporal. É uma doença que está atingindo uma parcela cada vez maior de pessoas. Estima-se que 8% da população brasileira (15,2 milhões) sofra de osteoporose, segundo o OMS. Por isso, tornou-se um problema de saúde pública. O osso, apesar de sua aparência rígida e resistente, é um tecido vivo que está em constante transformação, num processo em que o organismo absorve o osso antigo e produz um osso novo. Quando este processo estiver desregulado, os ossos começam a perder a sua densidade, surgindo então, problemas ósseos, sendo a osteoporose o mais comum. A osteoporose torna o osso menos resistente a traumas, aumentando o risco de fraturas, principalmente nas vértebras, fêmur, costelas e osso do punho.

 
A osteoporose por ser pouco sintomática, às vezes só é descoberta quando ocorre uma fratura.Porém, pode ser diagnosticada por meio da densitometria óssea, um exame que mede a densidade os ossos. Quando mais cedo o paciente for avaliada, melhores serão as condições para o tratamento da doença.

Os sintomas são:



Dores nas costas ou no pescoço
Coluna vertebral com alguma deformidade
Fraturas fáceis, mesmo que vocÇe não tenha caído ou se machucado
Sensibilidade nos ossos


Os principais fatores de risco são:
Raça branca e amarela
Baixa injestão de cálcio e/ou frágil
Histórico familiar de osteoporose
Idade avançada
Pessoa magra e/ou frágil
Vida sedentária e condições que levem a mobilização
Tabagismo
Alcoolismo
Ingestão de bebidas contendo cafeína
Baixa exposição solar
Uso de medicamentos, como corticosteróides,heparina,anticoagulantes e anticonvulsivantes.

Contribuição da Fisioterapia:

A fisioterapia tem uma importância fundamental no tratamento da osteoporose, nos quais se destacam os benefícios cardíaco, respiratório, muscular e ósseo, contribuindo para a melhora da qualidade de vida desses pacientes. O objetivo dos programas de atividade física em indivíduos acometidos de osteoporose não é tanto favorecer a aquisição de massa óssea, mas promover uma melhora no equilíbrio, força muscular, coordenação, condicionamento físico, na amplitude de movimento, diminuição de dor; visando sempre a prevenção de quedas e consequentemente risco de fraturas.

Fonte


COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping