Fisioterapia preventiva e a terceira idade






A Fisioterapia Preventiva reúne um conjunto de exercícios físicos e respiratórios que ajudam controlar sintomas como insônia, ansiedade, depressão, dores articulares e musculares que podem causar uma simples irritação até piores consequências.

Possibilita também, maior flexibilidade do corpo, coordenação, concentração, melhoria de postura, relaxamento muscular, diminuição de tensão, além de trabalhar com a melhoria da auto-estima. Esse tipo de Fisioterapia é dividida em 3 etapas:

• alongamento e fortalecimento
• relaxamento
• exercícios respiratórios

Atuação na terceira idade

Sabe-se que o processo de envelhecimento determina uma maior probabilidade de desequilibro entre as condições de saúde e doença, aumentando a vulnerabilidade físico-funcional e a fragilidade (isso conhecido como "perdas em cascata" que agravam progressivamente o estado de saúde do idoso, levando a um colapso de funções até a morte).
A prevenção de doenças e deficiências, tanto de ordem física quanto pisíquica é conseguida atravéz da pratica de atividades físicas, quando algumas modificações atribuídas ao processo de envelhecimento podem ser retardadas, também reduzindo e/ou eliminando os fatores de risco. Dentro dessa perspectiva, entre os objetivos da fisioterapia geriátrica estão:
• Preservar função motora
• Promover adiantamento de instalação de incapacidades decorrentes do processo de envelhecimento.
• Tratamento das alterações e dos sintomas provenientes de doenças crônico-degenerativas e agudas, bem como suas possibilidades físicas e psicológicas.

Alguns recursos utilizados na Fisioterapia Preventiva
• Cinésioterapia profilática: com exercícios físico globais e especializados, aplicados individualmente ou em grupo, visando a função da funcionalidade do idoso;
• Medidas de educação pa-ra a saúde: através de palestras e orientações preventivas para suas atividades de vida diária;
• Análise de orientações posturais: para minimização ou correção de fatores de risco de doenças específicas;
• Análise ergonômica do ambiente onde vive o idoso: para a melhoria de sua mobilidade e eliminação de riscos de queda.

A fisioterapia preventiva atua em todos os níveis da saúde, sempre buscando a manutenção ou melhoria do estado funcional, no entanto se o idoso não apresentar nenhuma patologia crônica ou qualquer disfunção que lhe impeça de realizar atividades do dia-a-dia e as atividades fisicas sem restrição específica, de preferência a atividades que busquem a manutenção de  seu estado físico funcional.
A promoção da saúde ano âmbito da geriatria representa um desafio para o fisioterapeuta, pois o idoso precisa ser lembrada em todos os atos, atividades e intervenções que ele pratica. Promover a saúde junto aos idosos deve tornar-se um hábito constante. Isso significa que o fisioterapeuta promove a saúde ao se relacionar com o idoso de forma individual, organizar ou colaborar na organização das atividades destinadas a promoção da saúde, além de colaborar com a comunidade, ajudando na identificação das necessidades em relação à saúde e no desenvolvimento de estratégias destinadas a promover a saúde. O fisioterapeuta, além disso, atua ativamente na elaboração das medidas de saúde pública e  em defesa da promoção da saúde, ainda que seja apenas em nível local.

Fonte


Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.