Meningite






Meningite é o nome que se dá para a infecção e inflamação das meninges. Ela pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos – e pode ser fatal. Em 2006 morreram no Brasil mais de 2.500 pessoas vítimas da meningite.
Epidemias recentes da doença tiveram efeitos como o cancelamento em 1975 dos Jogos Pan-Americanos de São Paulo.
Atualmente a meningite do tipo B é endêmica nas grandes cidades brasileiras, o que significa que volta e meia aparece um caso, a vigilância epidemiológica é alertada, descobre o foco e impede aparecimentos de novos casos.
Antes de explicar em detalhes as diferentes formas de meningite, vamos relembrar na próxima página a estrutura do sistema nervoso central.
Meninges e sistema nervoso central
O sistema nervoso central é composto por várias partes, incluindo uma caixa de proteção, chamada caixa craniana, que tem a função de proteger o cérebro, e a coluna vertebral, que protege a medula óssea - que também faz parte do sistema nervoso central. Embaixo da estrutura óssea e envolvendo todo o sistema nervoso central ficam as meninges, que são três: a mais externa se chama dura-máter, a intermediária se chama aracnóide e a mais interna se chama pia-máter (veja na ilustração abaixo).
Entre as duas meninges mais internas, aracnóide e pia-máter há um espaço que fica completamente preenchido por um líquido chamado de líquido céfalo-raquidiano ou simplesmente liquor. À infecção dessas estruturas se dá o nome de meningite, que pode ser uma doença grave e fatal, dependendo da sua causa.

Sistema nervoso central e a localização das meninges
©2008 ComoTudoFunciona
O sistema nervoso central e a localização ds meninges



medula espinhal
©2008 ComoTudoFunciona

Sinais e sintomas:
- febre alta;
- dor de cabeça forte;
- vômitos (nem sempre, inicialmente);
- rigidez no pescoço (dificuldade em movimentar a cabeça);
- manchas vinhosas na pele;
- estado de desânimo, moleza.
Nos bebês pode-se também observar:

- moleira tensa ou elevada;
- gemido quando tocado;
- inquietação com choro agudo;
- rigidez corporal com movimentos involuntários, ou corpo "mole", largado.
Tratamento:
Após a avaliação médica e a análise preliminar de amostras clínicas, o paciente ficará internado e o tratamento será realizado com antibióticos específicos.
Prevenção:
Existe vacina contra alguns tipos de Meningite Meningocócica, para os tipos A, C, W135 e Y, porém elas não são eficazes em crianças menores de 18 meses. Em crianças maiores de 18 meses e adultos a proteção da vacina dura de 1 a 4 anos. Outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados e a higiene ambiental.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping