Salto alto no carnaval? Nem pensar






Já começou a contagem regressiva para o Carnaval. Nesse período, é importante pensar não só na fantasia, mas também nos cuidados de que o corpo necessita para suportar o desgaste físico da folia.

Para aproveitar com saúde e disposição e ainda voltar inteiro para o trabalho na quarta-feira, é bom ter alguns cuidados, como evitar o uso de sapatos de salto.

"A combinação de fantasias pesadas e saltos finíssimos é totalmente nociva à saúde, pois pode acarretar problemas que somente serão resolvidos posteriormente, com medicação, acompanhamento médico e exercícios físicos monitorados", afirma a reumatologista Evelin Goldenberg, professora da Escola Paulista de Medicina e integrante do corpo clínico do Hospital Albert Einstein.

A médica também diz que é importante ficar atento à postura inadequada, qe pode acentuar problemas como lordose, dor nas costas e hérnia de disco.

A reumatologista destaca que além das dores, o salto alto pode provocar torções, distensões nos músculos da panturrilha, lesões e fraturas de tornozelo. "Justamente por elevar demais o calcanhar, o sapato de salto faz com que o peso do corpo fique todo concentrado na parte da frente do pé, causando desconforto, dor e problemas na coluna", afirma a especialista.

Segundo a Dra. Evelin, se não for possível conciliar a fantasia com sapatos sem saltos, eles devem ter até 3cm no máximo. Uma segunda opção é o salto plataforma. Outra dica é variar os calçados ao longo da folia, para não machucar mais seriamente os pés.

"Se a pessoa repetir o mesmo calçado pode acabar com bolhas e feridas nos pés. O salto plataforma é uma ótima opção, pois dá mais estabilidade, principalmente para quem está sambando", explica a reumatologista.

"Se você vai dançar e pular deve ter o físico preparado ao longo do ano para isto. Caso contrário, fatalmente terá problemas. Faça exercícios e alongamentos regularmente. Isto acaba por condicionar o corpo para possíveis excessos", conclui Dra. Evelin.

Entre os fatores de risco para dor nas costas estão o tabagismo, estresse, ansiedade, sedentarismo, obesidade e erros posturais. De acordo com a especialista, fazer exercícios físicos monitorados, bem como cuidar da postura, são fundamentais para a prevenção de doenças na coluna, não somente no período do Carnaval.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping