Resumo de Anatomia Articular






http://www.fisioterapia.com/public/files/fckeditor/image/coluna_vertebral_465.jpg

Articulações ou junturas representam a união entre ossos ou entre ossos e cartilagens nos diferentes segmentos corporais, permitindo mobilidade e conferindo funcionalidade a um determinado indivíduo.

 

Características morfofuncionais entre as uniões ósseas variam, determinando diferenças quanto aos movimentos

 

Funcionalmente, podemos classificar as articulações em:

1) Sinartrose: articulação imóvel

2) Anfiartrose: articulação ligeiramente móvel

3) Diatrose: articulação bastante móvel

 

O Sistema Articular é formado por um conjunto de articulações, ponto de contato entre dois ou mais ossos. Existem três tipos de articulações: sinartrose (inflexíveis), anfiartrose e diartrose (permitem movimentos).

Essa mobilidade, porém causa um atrito, amenizado pelo Sistema Articular com a existência das bolsas sinoviais, que agem como amortecedores entre os ossos e os tecidos à sua volta (outros ossos, tendões, etc) .

De acordo com o tipo de tecido entre as peças, as articulações podem ser classificadas em 3 grandes grupos:


1) Sinoviais (diartroses) 

2) Cartilaginosas (anfiartroses)

3) Fibrosas (sinartroses)

  • Sinoviais – possuem um espaço entre os ossos e são separadas de acordo com os eixos de movimentos:
    • Uniaxial (1 eixo, 2 movimentos):
      • Gínglimo ou articulação em dobradiça (permite extensão e flexão): falanges, cotovelo.
      • Gínglimo ou dobradiça atípica: joelho (pequena rotação)
      • Trocóide ou pivô (permite movimento de rotação, onde um osso desliza sobre outro fixo):articulações rádio-ulnar e atlanto-axial.
      • Plana ou artródia (deslizamento para frente e para trás): articulações dos ossos carpais e tarsais, articulação da mandíbula.
    • Biaxial (2 eixos, 4 movimentos):
      • Condilar ou elipsóide (extremidade côncava em contato com outra convexa, limitando o movimento): articulações atlanto-occiptal e entre o punho e o carpo.
      • Selar (relacionamento de extremidades de igual curvatura, permitindo a circundação): articulação carpo-metacarpal do polegar.
  • Triaxial, esferóide ou enartrose (3 eixos, 6 movimentos): articulação do quadril.
    • Poliaxial (triaxial com maior mobilidade): articulação do ombro.
  • Fibrosas ou sinfibrosas – articulação fibrosa é aquela que apresenta tecido fibroso interposto entre os ossos, podendo ser:
    • Suturas
    • Dentadas
    • Escamosas
    • Planas
    • Gonfoses – articulações fibrosas que ocorrem entre cavidades e saliências (ex. dentes e maxila, dentes e mandíbula)
    • Sindesmoses – articulações fibrosas ligadas por fibras colágenas ou lâminas de tecido fibroso - membrana interóssea (ex.rádio e ulna; tíbia e fíbula)

  • Cartilaginosas – são as articulações que apresentam cartilagem entre os ossos, podendo ser:
    • Sincondroses – ossos que aderem por cartilagem hialina que mais tarde ossifica; Seqüência: osso-cartilagem-osso (ex. sacro e cóccix)
    • Sínfises ou anfiartroses – existe uma fibrocartilagem espessa interposta; Seqüência: osso-cartilagem-disco-cartilagem-osso (ex. articulações entre corpos vertebrais)

A principal característica das sinartroses é a sua quase que total imobilidade, já que são articulações formadas pela sólida união de dois ou mais segmentos ósseos, formando uma camada protetora dos tecidos que revestem o exterior do esqueleto, como os ossos do crânio e da face, por exemplo. São classificadas em concordantes e discordantes:

  • Concordantes – adaptam-se uma à outra
    • Planas ou artrodias – superfícies planas (ex. corpo da vértebra, cabeça da costela e vértebras vizinhas)
    • Enartroses ou esféróides – superfícies esféricas (ex. úmero com escápula, fêmur com osso coxal)
    • Trocartroses ou trocóides – superfícies cilíndricas (ex. cabeça do rádio e ulna)
    • Trocleartroses ou ginglimos – forma de roldana (ex. úmero e ulna)
    • Condilartroses – forma de côndilo (ex. úmero e rádio)
    • Efipiartroses ou sela – forma de sela de montar (ex. clavícula, esterno e primeira cartilagem costal)

  • Discordantes – apresentam algo na articulação para que os ossos concordem
    • Meniscartroses – apresentam uma fibrocartilagem que aumenta a superfície articular e a torna mais côncava (ex. joelho)
    • Heteroartroses – (ex. entre atlas e áxis)
Até a próxima!

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.