Lesões e cuidados com os joelhos






http://s.glbimg.com/es/ge/f/620x349/2011/12/21/capa.jpg

Para os praticantes de atividade física, o joelho é uma das articulações que mais sofre com lesões freqüentes, que podem atingir qualquer faixa etária. É uma articulação complexa e responsável por suportar e carregar boa parte do peso do corpo – função que o deixa vulnerável a diversas lesões. Por isso, ele precisa de atenção e cuidados para não apresentar problemas.

É uma estrutura formada por articulações do fêmur com a tíbia e do fêmur com a patela,  composto de quatro principais ligamentos (cruzado anterior, cruzado posterior, colateral medial e colateral lateral), dois meniscos (medial e lateral), da cartilagem articular e da membrana sinovial, que produz o líquido normal que lubrifica e nutre as estruturas do joelho.

A possibilidade de lesões ligamentares, meniscais e condrais (cartilagem) são frequentes. Elas ocorrem, normalmente, em decorrência de traumas relacionados à prática desportiva. A lesão ligamentar mais comum é a do ligamento colateral medial, que se localiza superficialmente na face interna do joelho, e que frequentemente se associa a outras lesões, porém seu tratamento normalmente não requer cirurgia e o paciente se recupera completamente. A lesão que mais requer tratamento cirúrgico é a do ligamento cruzado anterior, muito frequente em jogadores de futebol profissionais e recreacionais. A artrose do joelho também é muito comum e é ocasionada pelo desgaste da cartilagem articular ao longo dos anos.

Veja alguns casos de maior incidência de aparecimento de lesão no joelho:

- Atividades profissionais também podem levar a lesões específicas nos joelhos, de acordo com a postura adotada no desempenho das funções.

- Profissionais de escritório, que ficam sentados por longo período com os joelhos fletidos tem maior chance de desenvolver dores patelares em consequencia de encurtamento muscular.

- Trabalhadores que desenvolvem suas funções em terrenos acidentados têm maior chance de sofrerem entorses.

- O excesso de peso sobrecarrega as articulações dos membros inferiores, especialmente os joelhos, o que leva ao desgaste mais rápido das estruturas da articulação.

- O uso de salto leva a um encurtamento muscular e ao deslocamento do centro de gravidade do corpo, o que pode ocasionar alterações articulares nos membros inferiores em geral, incluindo os joelhos.

O tratamento específico dependerá do tipo da lesão podendo variar de medidas simples, de imobilização até tratamentos cirurgicos para reconstrução ou reparo das estruturas lesionadas. Entretanto, medidas gerais e imediatas cabem a qualquer trauma no joelho. O tratamento imediato é sintomático, ou seja, combater a dor e o inchaço com medidas simples, como manter a perna elevada, gelo e antiinflamatórios.

Alguns exercícios específicos que diminuem a incidência de determinados tipos de lesão nos joelhos relacionados à prática esportiva, porém, de maneira geral, o que ajuda a proteger os joelhos é um bom alongamento e fortalecimento muscular. Isso deve ser feito de forma regular e independente da prática esportiva, ou seja, não somente como "aquecimento" antes de jogar bola. Um bom equilibrio muscular se adquire somente com regularidade.

Para se prevenir corretamente das lesões do joelho é muito importante "ouvir" o corpo. Sentiu um incomodo ou dor, pare a atividade e procure logo um especialista para saber a origem disso tudo. Quanto mais rápido for descoberto  um problema em estrutura de joelho, mais rápido será a recuperação.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping