Bandagem Funcional no Tornozelo






http://www.triqueto.com.br/wp-content/uploads/2013/08/TORNOZELO-TORCAO-entorce-rice-468x190.jpg

A bandagem funcional é muito importante na vida de um profissional de Fisioterapia, seja para atuar de firma curativa, seja de forma preventiva.

A bandagem funcional  tem como objetivo principal proteger certas articulações de movimentos que possam causar desconforto ou até mesmo dor ao paciente. Ao contrário daquilo que muitas pessoas pensam, este gênero de bandagem não é feita com gesso, mas sim com bandagens elásticas, adesivas e/ou coesivas.

Para entender essas lesões, é importante saber que o sistema do tornozelo e do pé é uma coisa só. O pé possui 26 ossos, além de músculos, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos e cartilagens, enquanto o tornozelo é o nome dado ao conjunto da articulação que faz a junção com os ossos da perna.

Como em qualquer movimentação, as partes do corpo mais usadas ao caminhar, depois dos músculos, são os ligamentos e os tendões. Os ligamentos são responsáveis pela estabilidade, mantendo os ossos unidos, enquanto os tendões participam do movimento, prendendo os músculos nos ossos. 

Olha um exemplo de como se fazer uma bandagem

Quando se sofre uma entorse, é possível lesionar várias das partes envolvidas no movimento: ligamentos, tendões, ossos e cartilagem são os mais comuns.

Coloque a ligadura por baixo do pé. A partir daqui, terá que fazer um movimento ascendente para enfaixar o tornozelo. Enrole uma ou duas vezes a ligadura à volta da parte frontal do pé e logo de seguida enrole uma vez à volta da parte inicial do tornozelo (o calcanhar deve ficar de fora da ligadura). Neste momento a ligadura já deve estar presa ao pé. 

Enfaixar o tornozelo é uma maneira simples, comumente utilizada para tratamento de torções e estabilização de outras lesões. Os tornozelos podem ser enfaixados com compressão, em forma de bandagem, ou com ataduras.

Antes de começar o enfaixamento, certifique-se de que seu pé está limpo e seco. Estenda a perna e descanse o tornozelo em uma cadeira ou banco. Não deixe a articulação contraída enquanto estiver enfaixando. Se utilizar fita adesiva, é indicado que você raspe os pêlos da região da perna e tornozelo. 

Uma boa dica para o enfaixamento é enrolar mais duas vezes à volta da mesma área. Volte a enrolar  faixa na base do pé e repita o mesmo processo até a ligadura acabar. Finalize prendendo com um pequeno aplicativo especial que certamente lhe fornecerão na farmácia junto com a ligadura.



Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping