Método Kabat na Fisioterapia Hospitalar






http://2.bp.blogspot.com/_vnPqtjdh0bk/TC1gvokY97I/AAAAAAAAADQ/H13Qj75r49Y/s1600/uci.jpg

O método Kabat se fundamenta em regras, chamadas de princípios básicos; e compõe-se de diversas técnicas proprioceptivas específicas, facilitadoras da função motora voluntária.  Faz uso de padrões de movimentos em diagonais e espirais para engobar as funções. Faz uso de alongamento máximo e biomecânico potencializando as fibras musculares e movimentos funcionais, ocorrendo irradiação de força distal para proximal.

Na realização do alongamento máximo, ocorre o estiramento do fuso muscular facilitando uma contração mais eficaz, ativando mecanismo de arco reflexo. É uma técnica ritmada para que se obtenha uma melhor resposta do paciente.

Ela eealiza dois tipos de trabalho:

trabalho estático:  que é usado principalmente como estabilizador, a fim de treinar os músculos do tronco, cintura escapular e cintura pélvica.

trabalho dinâmico: 
visa a mobilização . Este trabalho será realizado concêntrica e extremidades, superior e inferior.  Se nos concentrarmos no último, as dinâmicas envolvidas e estabelecer metas, tais como fortalecimento muscular, melhorando a coordenação, estabelecer a estabilização das articulações além de ganhar a sua amplitude.

O doente que está numa UTI,  num hospital ou em situação crítica, pode ser bastante beneficiado com a fisioterapia motora, sobretudo, quando esta é incrementada com técnicas de cinesioterapia neurofuncional, como é o exemplo da FNP, mesmo que sua doença de base não seja neurológica. Estes pacientes, por permanecerem restritos ao leito, muitas vezes por períodos prolongados, começam a apresentar disfunções neuromusculares, pela falta de estímulos sensoriais e motores; prejuízos na absorção de nutrientes de sua dieta, pela redução do trânsito intenstinal; aumento das citocinas inflamatórias, pela inatividade; dentre outros óbices. Estes fatores contribuirão para o enfraquecimento muscular generalizado, o conseqüente aumento no tempo de ventilação mecânica e, finalmente, de permanência na UTI ou melhora do quadra na condição hospitalar.

O objetivo da técnica é favorecer contração voluntária, controle de tônus muscular, promover alongamento e fortalecimento muscular, melhorar a resistência do paciente, promover equilíbrio entre os músculos antagonistas, agonista e sinergista, melhorar coordenação motora, aprendizado de padrões funcionais de movimento.


A fisioterapia motora, sobretudo a neurofuncional, vem ganhando espaço nas unidades de terapia intensiva e o Kabat é um recurso a ser utilizado.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping