Como lidar com alguns problemas de coluna






https://vipfisiopersonal.files.wordpress.com/2013/01/sem-tc3adtulo21.jpg

Sentar e andar com a postura correta não é apenas esteticamente mais bonito, como também pode evitar dores e lesões na coluna. A postura corporal é um dos maiores problemas de saúde nos tempos modernos.

Então, listamos os principais problemas e como lidar com eles:

Hiperlordose cervical

É necessário um trabalho de força na musculatura anterior do pescoço (esternocleidooccipitomastóideo, escalenos e pré-vertebrais) e um trabalho de alongamento da musculatura posterior.

Exercícios: procurar encostar a coluna cervical na parede, contraindo a musculatura anterior do pescoço sem desencostar a cabeça da parede; flexão de pescoço em decúbito dorsal, com a cabeça pendente; flexão de pescoço com auxílio do puxador.

Hiperlordose lombar

Alongar: Tensor da Fáscia Lata, Satório, adutores, ílio-psoas e pára-vertebrais;

Fortalecer: Ísquio tibiais, Abdominais oblíquos, Reto Abdominal e Glúteo Máximo.

Exercícios sugestão: Abdominal remador, encolhimento das pernas fletidas na prancha inclinada, encostar a coluna lombar na parede fazendo movimento de retroversão do quadril, contraindo o abdômen, flexão de tronco com os joelhos fletidos e pés fixos, elevação da cintura escapular do solo, em decúbito dorsal, pernas flexionadas e pés fixos.

Escoliose

Natação também é um bom método uma vez que proporciona relaxamento, alongamento e fortalecimento musculares o que pode ser mais uma valia.

Exercícios: hiper-extensão, na posição prona, a elevação da cabeça e dos ombros fazem a extensão da parte superior da coluna. A elevação dos membros inferiores faz a extensão da região lombar. A elevação de uma perna e do braço do mesmo lado fazem a extensão assimétrica da coluna e podem corrigir encurvamento lateral. Os braços podem ser mantidos para trás do corpo ou estendidos e levantados para a frente, conforme o executante puder tolerar.

Hipercifose

Alongar: retor abdminais, paravertebrais (longuíssimo, ílio costal e mutifídio);

Fortalecer: Paravertebrais (exemplo: exercício bom dia).

Com a escápula alada ou abduzida: alongar deltóide anterior peitoral maior e menor, córaco braquial, porção longa do bíceps braquial. Fortalecer porção transversa de trapézio e Rombóides maior e menor.

Flexível: trabalhar a musculatura posterior do tórax (trapézio III, rombóides, dorsal maior e redondo maior e conscientização do aluno para que sempre corrija sua atitude cifótica errada. Exercícios corretivos: remada curvada, crucifixo inverso, abrir cabos no puxados duplos no plano horizontal.

Rígida: hipertrofiar a musculatura posterior do tórax, alongar a muscultura anterior do tórax e um desbloqueio torácico, causado pelo abaixamento das costelas.

Exercícios Corretivos: os mesmos da cifose flexível, suspensão alongada com apoio dorsal – indivíduo em suspensão alongada, coloca-se um apoio na curvatura da cifose e deslocamento dos ombros – indivíduo em pé, segura uma corda esticada nas mãos. Deve passá-la por cima da cabeça, levando-a até os glúteos, sempre esticada.

Embora em muitos casos de deformidades da coluna vertebral, dependendo do grau em que se encontre o exercício físico não apresente um resultado corretivo, sendo necessário uso de aparelho ortopédico e ou procedimentos cirúrgicos, os benefícios atribuídos ao exercício físico são:

melhorar a postura;

aumentar a flexibilidade (alongar a face côncava da coluna vertebral e estirar as contraturas dos tecidos moles);

aumentar a força dos músculos abdominais que intervêm na postura;

corrigir desequilíbrios musculares;

melhorar a respiração.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.