Classificação da paralisia cerebral infantil






https://lndufmg.files.wordpress.com/2014/05/deisi.png

No que se refere às causas da paralisia cerebral sabe-se que ainda nem todas são conhecidas e que, mesmo as mais comumente faladas ainda apresentam questões inacabadas. As malformações do desenvolvimento e o dano neurológico ao cérebro em desenvolvimento são as duas principais causas de PC.  A primeira inclui distúrbios genéticos, anormalidades cromossômicas com excesso ou falta de material genético, ou escasso suprimento sanguíneo para o cérebro, enquanto a segunda inclui problemas associados com nascimentos prematuros, partos difíceis, complicações clínicas neonatais ou trauma cerebral, além de fatores de risco envolvidos nos períodos pré, peri ou pós-natal.

De forma didática e ilustrativa, abaixo segue à parte do corpo diretamente afetada pela lesão e sua classificação de acordo com Miller (2002), Geralis (2007) e Souza (1994). A denominação paresia presente em todas as seguintes nomenclaturas referem-se à limitação ou fraqueza motora, expressa por relaxação ou debilidade funcional, redução de força muscular, limitação de amplitude de movimento, movimentos sem precisão, baixa resistência muscular localizada e motilidade abaixo do normal, apenas limitada. Sua causa é uma lesão funcional ou orgânica incompleta (parcial) em qualquer ponto da via motora.

Monoparesia

Afeta somente um membro (braço ou perna) em um dos lados do corpo da criança;

Prejuízo leve;

Pode desaparece com o tempo;

Ocorrência rara.

 

Diparesia

Afeta principalmente as pernas;

Tendem a ficar em pé, apoiados nos dedos dos pés, com as pernas cruzadas;

Pode apresentar problemas leves na parte superior do corpo, mas controlam braços, cabeça e tronco para a maioria das atividades cotidianas.

Hemiparesia

Afeta um dos lados do corpo;

Os braços normalmente são mais afetados que as pernas.

Tetraparesia

Afeta o corpo todo – face, tronco, braços e pernas. Maior dificuldade para AVD's;

Pernas e pés mais prejudicados.

Hemiparesia Dupla

Assim como na tetraplegia, afeta todo o corpo da criança;

Porém, os braços são mais prejudicados;

Maior prejuízo na alimentação e na fala.

Causas


Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping