4 tipos de cirurgias que a Drenagem Linfática Facial é indicada






 https://clinicacorpoealma.files.wordpress.com/2013/02/drenagem_linfatica.jpg

A drenagem linfática facial é uma aliada para uma boa recuperação pós-operatória. O tratamento segue os mesmos princípios da drenagem corporal, porém sua ênfase está em diminuir toxinas e reduzir os edemas, dando um melhor contorno à face do paciente.

A drenagem é indicada após cirurgias faciais pois as equimoses (roxos na pele) tendem a diminuir quando os gânglios linfáticos são estimulados pela técnica, que não faz uso de aparelhos.

Veja abaixo 4 tipos de cirurgia que a Drenagem Linfática é indicada:

Ritidoplastia (cirurgia da face)
A cirurgia plástica da face tornou-se um dos procedimentos mais populares da especialidade graças ao surgimento de técnicas novas e a grande melhora na qualidade dos resultados. O objetivo desta cirurgia é atenuar os efeitos do tempo, gravidade, exposição solar e stress do cotidiano sobre a face, que resultam no aparecimento dos sinais de envelhecimento. A ritidoplastia remove a gordura excessiva, reposiciona a musculatura e retira os excessos de pele da face e do pescoço. O objetivo principal da ritidoplastia é deixar a face naturalmente mais jovem, com aparência saudável e descansada.

Rinoplastia (cirurgia do nariz)
A rinoplastia tem como princípio básico a construção de um nariz bonito e funcional. Nesta cirurgia, as cartilagens e ossos que formam o esqueleto do nariz são esculpidos de acordo com as características do nariz e da face do paciente. Quase sempre é necessário utilizar enxertos de cartilagem, retirados do próprio nariz, costela ou da orelha, para corrigir as alterações de contorno e fortalecer o esqueleto remanescente.

Em casos onde há dificuldade respiratória, pode ser necessário corrigir desvios do septo nasal e das outras estruturas que formam as vias responsáveis pela passagem do ar. A cirurgia pode ser realizada de forma "aberta" ou "fechada", conforme a preferência do cirurgião e as características do nariz a ser operado

Otoplastia (cirurgia das orelhas)
A otoplastia é a cirurgia que visa à correção estética das orelhas de abano. Pode ser realizada em qualquer idade, porém, normalmente, é feita em crianças até 6 anos, ou antes do início da escola, quando cerca de 90% do crescimento final da orelha estará completo.

Realizar o procedimento precocemente, evita que a criança fique exposta a eventuais traumas psicológicos resultantes de apelidos e gozações. Realizada através de uma incisão localizada no sulco atrás da orelha, a otoplastia visa posicionar as orelhas mais próximo da cabeça e criar as dobras cartilaginosas que caracterizam esta parte do corpo. A "rotação" da orelha pode ser executada retirando-se um pedaço da cartilagem da concha ou simplesmente utilizando suturas.

Blefaroplastia (cirurgia das pálpebras)
A blefaroplastia é a cirurgia para correção das alterações das pálpebras. É realizada através de incisões localizadas nas linhas naturais das pálpebras superiores e logo abaixo dos cílios nas pálpebras inferiores. Após incisar a pele, o cirurgião separa a pele da musculatura e gordura subjacentes, retira os excessos de gordura das bolsas palpebrais e remove as áreas de músculo e pele flácidos.

As incisões são suturadas com fios finos e delicados. A região das pálpebras apresenta um perfil de cicatrização muito favorável e as cicatrizes tendem a se tornar imperceptíveis após alguns meses. O procedimento pode ser realizado sozinho (somente nas pálpebras superiores, inferiores, ou ambas) ou associado a outras cirurgias como a ritidoplastia (Landecker, 2009).

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.