Saiba mais sobre a Doença de Sever






http://www.vidalsaude.com.br/wp-content/uploads/2014/06/doenca-de-sever.jpg

O osso do calcanhar (calcâneo) desenvolve-se em duas partes. Até que o osso endureça completamente, entre os 8 e os 16 anos, ambas as partes estão unidas por uma cartilagem que é mais mole que o osso. Em certas ocasiões, a atividade enérgica ou o esforço excessivo podem romper a cartilagem causando dor, quase sempre ao longo dos bordos do calcanhar.

O diagnóstico da doença de Sever estabelece-se quando uma criança que participou numa atividade física sente dor ao longo dos bordos do calcanhar. Por vezes, o calcanhar está ligeiramente inchado e levemente quente ao tato. As radiografias não são úteis para o diagnóstico, já que não podem detectar a lesão da cartilagem, exceto para excluir uma fratura óssea como causa da dor.

As manifestações clínicas desta doença incluem:

  • Dor ou sensibilidade no calcanhar;
  • Desconforto no calcanhar ao acordar ou quando o mesmo é pressionado;
  • Mancar;
  • Presença de dor mais intensa após caminhada ou exercício físico, bem como maior dificuldade de permanecer em pé;
  • Dor durante corrida ou ao praticar esportes que tende a diminuir com o repouso.

A cartilagem rasgada cura-se finalmente, com frequência ao fim de vários meses. As almofadas para o calcanhar colocadas no calçado podem ser úteis, já que reduzem a pressão sobre o osso do calcanhar. 

O tratamento para a doença de Sever engloba:

  • Uso de almofadas ortopédicas nos calcanhares, objetivando reduzir a pressão sobre os mesmos;
  • Alongamento dos isquiotibiais e panturrilhas de 2 a 3 vezes ao dia;
  • Repouso, gelo, compressão e elevação dos calcanhares;
  • Fisioterapia;
  • Uso de fármacos.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.