A pisada e as dores no corpo







https://www.spacetennis.com.br/media/uploads/paginas/foto/pisada2.jpg

Você já comprou um sapato novo e após utilizá-lo percebe que um lado está mais desgastado do que o outro ou que o calçado está totalmente deformado? Isso pode ser um sinal de alerta em relação à pisada. Pisar de forma errada ou torta pode comprometer toda a saúde do corpo e consequentemente gerar muitas dores.

O corpo acaba realizando compensações que muitas vezes elevam a sobrecarga das articulações do joelho, quadril e principalmente da coluna, causando fortes dores. Por isso, é preciso ficar atento ao tipo de pisada para evitar incômodos; os principais pontos afetados são joelho, quadril, articulações e coluna vertebral.

Os cuidados devem ser redobrados ao se automedicar ou ao procurar soluções caseiras que muitas vezes são transmitidas por meio de conhecimentos populares. A procura por esportes como a natação, por exemplo, ou até mesmo um tipo específico de calçado, pode ser prejudicial sem o acompanhamento e a orientação de um profissional. Por exemplo, o diagnóstico do ''pé chato'' inclui um exame físico no qual é avaliado o movimento do pisar e a forma mecânica do caminhar descalço e com sapato. É observado também a parte da frente e de trás do pé para verificar o padrão de gasto da sola do calçado. Além disso, caso o paciente sinta muitas dores, ele pode solicitar exames para integrar a avaliação.

Antigamente era comum que os médicos recomendassem o uso de botas ortopédicas a fim de ajustar a curvatura dos pés, mas hoje esta conduta é mais restrita, sendo utilizada apenas em algumas situações específicas, como nas crianças com grande hiperfrouxidão ligamentar e de dores recorrentes nos pés ou pernas, atribuídos ao desequilíbrio mecânico provocado pelo posicionamento anormal dos pés.

O tratamento da pisada torta consiste desde o uso de produtos ortopédicos como palmilhas personalizadas, botas, exercícios de alongamento - que ajudam quando o paciente tem um tendão de Aquiles -, uso de sapatos que contenham mais apoios até a perda de peso, que contribui para um alívio da pressão local, proporcionando uma melhora na dor.

Consulte sempre um fisioterapeuta para dar um diagnóstico adequado da sua dor e te ajudar na correção da pisada.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.