Coreia e a atetose






http://www.leandroteles.com.br/wp-content/uploads/2015/09/tremor-essencial-770x439_c.jpg

A coreia consiste em movimentos involuntários breves, espasmódicos, semelhantes à dança, que se iniciam numa parte do corpo e passam para outra de um modo brusco e inesperado, e muitas vezes de forma contínua. A atetose é um fluxo contínuo de movimentos lentos com posições retorcidas e alternantes que se exprimem geralmente nas mãos e nos pés. A coreia e a atetose costumam apresentar-se conjuntamente (coreatetose).

Causas

A coreia e a atetose não são doenças, mas trata-se antes de sintomas que podem ser consequência de várias doenças diferentes. As pessoas com coreia e atetose apresentam anomalias nos gânglios basais do cérebro.   Os gânglios basais intervêm na precisão e uniformidade dos movimentos que se iniciam depois de receber as ordens do cérebro. Na maioria das formas da coreia verifica-se a disfunção devido a um excesso do neurotransmissor dopamina nos gânglios basais. A coreia pode piorar devido a fármacos ou a doenças que alterem os valores de dopamina ou que modifiquem a capacidade do cérebro para reconhecer a dopamina.

A doença de Huntington é a que causa com maior frequência a coreia e a atetose, mas é pouco frequente e afecta menos de 1 em cada 10 000 pessoas. A doença de Sydenham (também conhecida como o mal de São Vito ou coreia de Sydenham) é uma complicação de uma infecção na infância causada por estreptococos, a qual podem durar vários meses. Às vezes, a coreia afecta, sem razão aparente, as pessoas de idade avançada e aparece particularmente nos músculos da boca. Também pode afectar mulheres nos três primeiros meses da gravidez, mas desaparece sem tratamento pouco depois do parto.

A coreia que se desenvolve como um efeito secundário depois da administração de medicamentos costuma melhorar quanto estes são suspensos, mas a coreia em si quase nunca desaparece. Os fármacos que bloqueiam a acção da dopamina, como os antipsicóticos, podem ser úteis para controlar os movimentos anormais.

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.