Fisioterapia nas unidades de terapia intensiva neonatal






https://mastermindchannel.com/2016/wp-content/uploads/2016/01/fisioterapia-neonatal-830x553.jpg


A fisioterapia é uma modalidade terapêutica relativamente recente dentro das UTINs (unidades de terapia intensiva neonatal)  e que está em expansão, especialmente nos grandes centros. É realizada por meio de diversas técnicas, com o objetivo de diminuir o trabalho respiratório, manter a patência de vias aéreas e melhorar a ventilação e a troca gasosa

O RN na UTIN pode tornar-se instável pela própria doença de base ou em função do tratamento que é imposto, como também pela utilização de medicações ou ainda pela ventilação mecânica. Esses fatores podem contribuir para que os RNs
internados nessas unidades fiquem suscetíveis a adquirir infecções ou outras complicações, evoluindo com necessidade de acompanhamento da fisioterapia.

Com o surgimento e a implementação de ambientes para cuidados neonatais, a assistência perinatal avança em parceria com as inovações tecnológicas que beneficiam o diagnóstico precoce e, consequentemente, o tratamento do RN. No entanto, ainda é considerado elevado o número de internações dos RNs nas UTINs, em decorrência dos diagnósticos da prematuridade, muito baixo peso ao nascer, anóxia perinatal, malformações, dentre outros, que os predispõem a tratamentos especializados para sobreviver.

http://www.fsfx.com.br/hospital-marcio-cunha/wp-content/uploads/sites/6/2014/07/hmc-uti-neonatal-e-pediatrica.jpg

Em algumas situações, o RN prematuro precisa de AVM para assegurar as trocas gasosas. Essa modalidade de suporte ventilatório ajuda a melhorar a ventilação alveolar, diminuindo o trabalho respiratório e reexpandindo as áreas atelectasiadas, contudo existem os riscos de seus efeitos adversos prática fisioterapêutica é parte da assistência multidisciplinar aos RNs pré-termo sob cuidados intensivos e tem como objetivo prevenir e minimizar as complicações respiratórias decorrentes da própria prematuridade e da AVM ( assistência ventilatória mecânica invasiva)  e otimizar a função pulmonar de modo a
facilitar as trocas gasosas e, assim, promover uma
evolução clínica favorável.

As indicações de intervenção fisioterapêutica e os tipos de condutas utilizadas variam de acordo com o local e o preparo técnico do profissional.

A FISIOTERAPIA é  essencial e imprescindível para que esses neonatos passem por um processo de recuperação mais rápido e eficaz. A indicação precisa e o tratamento precoce aliado ao critério e bom senso trazem respostas altamente positivas.

Existem locais em que a indicação da fisioterapia é determinada pelo médico e locais em que todos os pacientes internados na UTIN recebem atendimento de fisioterapia. Da mesma forma, é discutível se a atuação do profissional estaria relacionada com a precocidade de alta hospitalar, já que a atuação do fisioterapeuta poderia estar relacionada a um menor índice de complicações. Esse fato seria conveniente para o sistema de saúde por, consequentemente, reduzir despesas hospitalares e garantir rotatividade de leitos para pacientes mais graves.


Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.