Sintomas e diagnóstico da artrose cervical






 http://www.big1news.com.br/wp-content/uploads/2016/03/Menopausa-e-Dores-nas-Articula%C3%A7%C3%B5es-Como-Lidar.jpg

A artrose é a doença reumática crônica mais comum no mundo. Ela é caracterizada por alterações morfológicas que podem atingir todas as articulações do corpo e afetar principalmente as cartilagens. A artrose é resultado do desgaste da cartilagem. Esta doença pode surgir a partir dos 25 anos e tem evolução lenta e sem sintomas graves durante muitos anos (apenas 30% dos pacientes apresentam sintomas). A artrose cervical é aquela que atinge as vértebras da coluna vertical.

Artrose cervical e dor na coluna

O aparecimento da dor e rigidez da parte superior da coluna pode indicar que a artrose afetou as vértebras cervicais. No entanto, se a dor aparecer na parte inferior das costas, significa que a artrose afetou as vértebras lombares. Em geral, a artrose ou espondilose cervical afeta principalmente as vértebras C5-C6 e, principalmente, as C6-C7.

Artrose primária ou secundária

A artrose primária está ligada a fatores genéticos que criam uma predisposição para esta doença, enquanto a artrose secundária está relacionada ao envelhecimento, embora as quedas, má postura e o estresse agravem a doença.

Sintomas da artrose cervical

Pacientes com artrose sentem dor do tipo mecânica na região cervical que aumenta com a atividade e diminui com o repouso. Em estágios avançados, pode se tornar uma dor crônica.

Também ocorre rigidez do pescoço e desconforto ao mover a cabeça, agravada pela tensão muscular excessiva que geralmente se acumula na parte de trás da cabeça. A rigidez pode comprimir as artérias vertebrais causando dores de cabeça e tonturas.

Outro sintoma característico é a perda de força ou sensibilidade alterada no braço, antebraço e na mão (formigamento e dormência). A perda de força pode indicar uma invasão do nervo causada por osteófitos (saliências ósseas causadas pela artrose) ou colapso vertebral (em estágios avançados da doença).

As pessoas que sofrem de artrose têm dificuldade em mover o pescoço e cabeça devido à compressão das raízes nervosas que pode aumentar gradualmente ao longo do tempo. A dor se espalha para o pescoço, ombro ou braço. Uma pessoa pode sofrer de artrose por muitos anos sem perceber.

Como diagnosticar a artrose

Para diagnosticar a artrose é necessário realizar uma radiografia das vértebras cervicais. A radiografia pode revelar uma compressão da linha articular ou a presença de osteófitos que confirmam um quadro de artrose. É preciso atentar, no entanto, que nem sempre existe uma correlação entre os sintomas e as radiografias.

Em algumas ocasiões, pode ser necessário realizar uma ressonância magnética para se descartar compressões da raiz nervosa ou da medula espinhal (especialmente quando ocorre uma alteração na sensibilidade).

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping