Halliwick na Fisioterapia Infantil








É na brincadeira que as crianças reaprendem a andar e a movimentar partes do corpo. Isso sem a preocupação de exercícios forçados e dolorosos.

Com o conceito Halliwick, a fisioterapia infantil ganhou ar de brincadeira e diversão. Não existe mais choradeira ou negação na hora dos exercícios. Eles são tão agradáveis que a criança com problemas de empatia não sente que aquela brincadeira pode devolver-lhe os movimentos perdidos. É na água onde tudo começa: no útero materno não existe força gravitacional e ao nascer o bebê consegue se mover contra a força da gravidade somente após algum tempo, o que indica que a água é meio ideal para se aprender ou reaprender movimentos com maior facilidade.

A hidroterapia pediátrica está indicada nos casos em que haja alterações de coordenação, perda de equilíbrio, perda de movimentos ou de atividades musculares por enfraquecimento ou paralisia, e por contraturas que comprometam o processo de reabilitação. A criança em meio aquático encontra-se em constante situação de estímulo e aprendizagem. Devido à redução de peso corporal provocada pela força do empuxo (flutuação), os movimentos na água se tornam mais fáceis. Sendo assim, é possível realizar movimentos maiores e melhores, muitas vezes impossíveis de serem realizados fora d'água.

O que torna tudo isso possível é a forma como os exercícios são realizados, sempre através de jogos e brincadeiras dentro da água. È muito mais prazeroso para a criança, que já sofre por ter algum problema físico e/ou neurológico, brincar em vez de fazer horas de cansativos exercícios.

Com essa técnica somente o fisioterapeuta tem condições de avaliar cada movimento do paciente e corrigir, sem que a criança perceba, pois a terapia está disfarçada. Os resultados positivos são muito significativos, em relação ao tratamento realizado somente com fisioterapia convencional.

O tratamento é todo feito dentro da água aquecida a uma temperatura de 34º C. Assim, os tecidos mais internos do corpo ficam completamente relaxados, possibilitando um trabalho perfeito, com respostas rápidas obtidas na água. O corpo humano é capaz de movimentos e proezas maravilhosas. A criança que utiliza aparelhos para locomoção pode ter a oportunidade única para desfrutar de total liberdade de movimentos, sentindo-se completamente segura.

O efeito da flutuação, associado ao conceito Halliwick, é elemento valioso na recuperação de paciente, cujos músculos e articulações não suportam seu próprio peso. Os exercícios de transferências do peso e a marcha, devido ao corpo estar parcialmente imerso, são facilitados, tendo em vista que o peso (carga) diminui em até 90%.

O conceito Halliwick trabalha tanto o lado físico quanto o emocional, já que a criança muitas vezes não sabe que é capaz de realizar certas tarefas e com isso sublima suas habilidades. A capacidade de realizar habilidades funcionais mais avançadas e mover-se mais independentemente oferece benefícios psicológicos, incluindo motivação e autoconfiança. A criança tem a possibilidade de explorar ao máximo o seu potencial.
Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.