Header Ads


"Otonamaki": a técnica japonesa de se embrulhar em trouxas






Pode traduzir-se como qualquer como "empacotamento de adultos" e é para levar à letra: esta nova tendência popular no Japão implica embrulhar as pessoas num pano, formando uma trouxa. Cada sessão desta terapia dura cerca de 20 minutos e promete tratar probemas de postura e falta de flexibilidade. O embrulho é feito com um tecido branco, respirável.

Na sua origem está a técnica semelhante usada em bebés, o "ohinamaki", para ajudar o seu desenvolvimento físico.

A BBC cita Orie Matsuo, da Kyoko Proportion, uma das várias empresas japonesas que oferece este serviço, para explicar que na base da técnica está a intenção de mostrar aos adultos que a técnica não faz os bebés sentirem-se claustrofóbicos. "Pensámos que se os adultos fossem embrulhados como eles, poderiam ver como é bom", afirma a terapeuta.

A teoria é que ao aproximar os seus ombros e pernas, o seu corpo é endireitado e acaba a dor nas costas, região lombar e na articulação do quadril.

No Twitter multiplicam-se as imagens de sessões de Otonamaki, com as opiniões a dividirem-se: Enquanto alguns utilizadores garantem que a técnica resulta, outros comentam que a terapia parece "bizarra" ou "saída de um filme de terror".

Entre os profissionais, a técnica também não e consensual e o fisioterapeuta Visvanathan Ravi, Clínica de Fisioterapia Hallmark, em Singapura, comentou à BBC que o modo como os pacientes são embrulhados "pode levar ao desgaste muscular a longo prazo".


Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Tecnologia do Blogger.