Header Ads


Pilates nas Patologias Neurológicas







Os exercícios de Pilates podem ser praticados por pessoas sedentárias que resolvem iniciar com alguma atividade física, bem como com atletas de ponta como esportistas de diversas modalidades e bailarinos. Os exercícios podem ser direcionados tanto para pessoas que apresentam dores musculares e desvios posturais como pessoas que buscam manter ou até mesmo melhorar sua performance física. É um método que abrange uma faixa etária ampla que vai de 10 anos de idade até pessoas que se encontram na terceira idade.

Os atendimentos de Pilates voltados para a parte de reabilitação vão fazer uso de todos os acessórios dentre eles estão: bolas de diferentes dimensões, thera-bands, rolos, discos de propriocepção, bastão, magic circle, entre outros. Porém no início do processo de reabilitação se recomenda iniciar nos equipamentos de mecanoterapia, com o intuito de serem facilitadores para a execução dos movimentos, com a função de auxiliar a realização do movimento consciente ao estimular e desafiar a execução de forma tanto assistida como resistida, são eles: cadeira Combo ou Wanda, Cadillac ou Trapézio, Reformer, Wall Unit ou Unidade de Parede e o Ladder Barrel ou Baril. No solo, onde não se faz uso de nenhum tipo de equipamento ou acessórios, são mais recomendadas para pessoas que apresentam um domínio maior do seu corpo, pois são consideradas como exercícios mais avançados.
Podemos citar as patologias neurológicas como acidentes vasculares encefálicos, os traumatismos cranianos, as lesões medulares, as lesões nos nervos periféricos, a esclerose múltipla, a doença de Parkinson, as doenças do neurônio motor, polineuropatias e distúrbios musculares. Todas essas patologias apresentam as mais diversas alterações neuromusculares.

Cada uma dessas patologias tem suas características próprias, porém encontramos alterações comuns, como alteração de tônus muscular, diminuição de força e flexibilidade, dificuldade do controle motor, alterações no equilíbrio estático e dinâmico, além de desequilíbrios musculares que acarreta alterações posturais e de movimento.

Os atendimentos devem ser sempre orientados por fisioterapeutas, que tem  domínio na área de cinesiologia, bem como das patologias que estão  tratando. Sempre lembrando que esse atendimento mais voltado para a  reabilitação devera ser realizado em atendimentos individualizados para  se alcançar um melhor desempenho na realização dos movimentos de forma  mais correta e alinhada possível.



Este livro  digital Pilates nas Patologias Neurológicas 
foi elaborado com o intuito de fornecer informações claras e precisas a respeito do funcionamento normal do corpo humano. Alguns conceitos básicos de neurologia e como os sistemas podem ser afetados por patologias neurológicas também são explanados. Explica como o pilates pode ser usado como recurso terapêutico e de reabilitação nesses casos em específco. Adquira aqui!


Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Tecnologia do Blogger.