Recursos utilizados na Fisioterapia Desportiva









A Fisioterapia Esportiva tem como objetivo, tratar e recuperar o atleta lesionado, devolvendo esse atleta para a prática esportiva o mais rápido possível e de uma forma segura. Além disso, a Fisioterapia Esportiva tem a função de PREVENIR lesões causadas durante a prática esportiva.

Nos dias atuais, a necessidade de mantermos uma vida saudável faz com que a prática de atividades físicas aconteça  em uma intensidade maior, em relação a períodos anteriores. Isso é bom, uma vez que exercício é sinônimo de saúde, porém, deve ser executada sempre com orientação de um profissional especializado e após avaliações médica e fisioterápica que permitam a segurança na prática esportiva. A avaliação do fisioterapeuta permite identificar possíveis alterações posturais, ou mesmo musculares que, se não notadas a tempo, podem prejudicar, e muito, o indivíduo, indo dessa forma na contramão da ideia inicial da prática de exercícios. Problemas de coluna, como desvios, complicações nos ombros, joelhos, tornozelos e quadril, são investigados e adequadamente corrigidos para a execução correta do ato esportivo, contribuindo assim para uma atividade saudável.

Conheça esse ótimo curso de Fisioterapia Desportiva

A Fisioterapia na área esportiva é muito parecido com o tratamento ortopédico desenvolvido nas clínicas em geral, porém, algumas peculiaridades são fundamentais  e a principal delas é a necessidade do fisioterapeuta conhecer o esporte em questão, para, de acordo com as necessidades exigidas no ato esportivo, traçar um plano de tratamento adequado.

Os recursos eletroterápicos, como TENS (Neuroestimulação Elétrica Transcutânea), FES (Estimulação Elétrica Funcional) e demais "correntes" são uma ferramenta importante nas fases inicias da dor e redução do processo inflamatório. A termoterapia, com o infra vermelho e  o ultrassom, vai ajudar na aceleração do metabolismo anti-inflamatório, contribuindo para a aceleração na cicatrização.

O Laser tem sido largamente utilizado em lesões nos músculos, porque tem uma grande atuação na regeneração dessas células.Aliás, o laser tem sido foco de estudos recentes que evidencia os inúmeros benefícios da laserterapia. Além  dos aparelhos citados, a terapia manual, com alongamentos, manipulações, correções posturais e aplicações de bandagens são fundamentais para um plano de tratamento bem estruturado.

A atuação do fisioterapeuta vai fazer uma análise do movimento e  consequentes adequações para a prática esportiva. Essa prática deve ser feita com responsabilidade e seguindo as orientações do profissional para que não haja novas lesões.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Tecnologia do Blogger.