Saiba um pouco sobre Fixações Musculares








O nosso corpo é uma máquina complexa que apresenta diversos sistemas integrados trabalhando juntos para garantir a nossa sobrevivência. Entre esses sistemas, destaca-se o muscular, que apresenta como principais funções a movimentação dos membros e das vísceras.

Existem mais de 400 músculos esqueléticos no nosso corpo, o que representa cerca de 50% de toda nossa massa corpórea. Eles são classificados com base em diversos critérios, tais como a sua fixação muscular, ação, função, forma e arranjo das fibras e número de cabeças.

Nesse post, descreverei as fixações musculares são descritas como origem e inserção.

Quando um músculo contrai e encurta, uma de suas extremidades geralmente permanece fixa, enquanto a outra extremidade (mais móvel) é puxada em direção a ele, resultando em movimento.

A origem geralmente é a extremidade proximal do músculo e que permanece fixa durante a contração, ou seja, é a extremidade presa ao osso que não se desloca (ponto fixo).

A inserção é a extremidade distal do músculo que se movimenta durante a contração, ou seja, é a extremidade presa ao osso que se desloca (ponto móvel).

Então, entende-se por origem o local onde o músculo está mais fixado e que funciona como a base para a sua ação. Já a inserção é o ponto móvel onde é possível observar o efeito do movimento.

Conheça o Curso online "Músculos: origem, inserção e ação", direcionado para estudantes e profissionais da área da saúde.Clique aqui e saiba mais!

Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.