Biomecânica do Disco Intervertebral








A coluna vertebral é composta por 33 vértebras no total, divididas da seguinte forma:

  • Vértebras cervicais (7)
  • Vértebras torácicas (12)
  • Vértebras lombares (5)
  • Sacro (5 fundidas)
  • Cóccix (3-4 fundidas)

Os corpos vertebrais adjacentes são unidos por sínfises chamadas de discos intervertebrais. As exceções são C1-C2 e após S2, onde essas sínfises não existem.

Os discos intervertebrais são compostos por um anel externo fibroso (anel fibroso) que envolve um núcleo gelatinoso (núcleo pulposo). Suas funções são servir como amortecedores de impacto, evitar o atrito e permitir um pequeno grau de flexibilidade entre as vértebras. A coluna lombar é a mais suscetível a hérnias discais devido à sua localização e ao seu papel significativo na sustentação do peso. Os corpos vertebrais das vértebras cervicais também estão conectados pelas articulações uncovertebrais (fendas de Luschka).

Biomecânica do Disco Intervertebral.

Flexão (Inclinação anterior)
-Deslizamento.
-Compressão na porção anterior do disco (anel fibroso) deslocamento do núcleo para o lado oposto da inclinação,
-Tensão na porção posterior do disco.
-Desabitação (afastamento das facetas articulares).
-Os tecidos moles da porção anterior implicam no movimento.

Extensão (inclinação posterior)

-Deslizamento
-Compressão na porção posterior do disco (anel fibroso) deslocamento do núcleo para o lado oposto da inclinação.
-Tensão na porção anterior do disco.
-Pequena imbricação (aproximação das facetas articulares).
-Os tecidos moles da porção posterior implicam no movimento.

Hiperextensão

-Deslizamento
-Compressão na porção posterior do disco (anel fibroso) deslocamento do núcleo para o lado oposto da inclinação.
-Tensão na porção anterior do disco.
-Imbricação (aproximação das facetas articulares).
-Toque das estruturas ósseas, (processos espinhosos e facetas articulares).
-Os tecidos moles da porção posterior implicam no movimento.

Inclinação Lateral (Direita e Esquerda).

-Deslizamento
-Compressão na porção lateral do disco (anel fibroso) deslocamento do núcleo para o lado oposto da inclinação.
-Tensão na porção oposta da inclinação.
-Rotação=
Cervical: Rotação do mesmo lado.
Torácica: Rotação do lado oposto.
4ºLombar: Rotação do lado oposto.
5ºLombar: Rotação do mesmo lado.
-Desabitação afastamento das facetas articulares na porção oposta da inclinação.
-Imbricação aproximação das facetas articulares na porção da inclinação.
-Os tecidos moles do lado oposto limitam o movimento.

Rotação (Direita e Esquerda).

-Deslizamento
-Compressão na porção do movimento.
-Tensão na porção oposta a rotação.
-Desabitação as facetas articulares se afastam.
-Inclinação vertebral no lado da rotação.
-Os tecidos moles do lado oposto limitam o movimento.



Os corpos vertebrais e os discos intervertebrais são reforçados por dois ligamentos longitudinais fibrosos. O ligamento longitudinal anterior se estende ao longo da face ânterolateral externa dos corpos vertebrais desde a base do crânio até o sacro. Seu papel é limitar a extensão e evitar a hiperflexão da coluna. O ligamento longitudinal posterior cursa dentro do canal vertebral ao longo da face posterior dos corpos vertebrais, de C2 até o sacro. Sua principal função é prevenir a herniação posterior dos discos intervertebrais.

Conheça o mais completo curso de anatomia, recomendado pelos próprios professores do ensino superior. Um curso onde o aluno se livra definitivamente da DP, aprende com clareza e nunca mais esquece. Clique aqui e saiba mais!


Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.