Indicações da Carboxiterapia na Fisioterapia Dermato-Funcional




Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Indicações da Carboxiterapia na Fisioterapia Dermato-Funcional. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




A carboxiterapia, também conhecida como CARBOXI,  é um tratamento estético que consiste na aplicação de injeções de gás carbônico sob a pele para eliminar a celulite, estrias, gordura localizada e também para eliminar flacidez da pele, isso porque o gás carbônico injetado estimula a circulação celular e a oxigenação dos tecidos.

Fisiologicamente, a carboxiterapia também promove o aumento do fluxo sanguíneo local, favorece a produção de colágeno, acelera o metabolismo local, melhora o aspecto e diminui o tamanho de cicatrizes, favorece a queima da gordura e desfaz os nódulos de celulite.

O gás carbônico atua dilatando os vasos sanguíneos e estimulando a formação de novos vasos sanguíneos, promovendo melhor irrigação de sangue nos tecidos e, consequentemente, melhor oxigenação da região tratada.

O gás carbônico atua também no rompimento de fibroses do tecido subcutâneo. Alguns estudos mostram o favorecimento de formação de colágeno e elastina e efeito lipolítico (quebra das células de gordura) decorrente da carboxiterapia.

Celulite: o desenvolvimento da celulite passa por três fatores: edema, gordura e fibrose - a carboxiterapia é o único tratamento que atua nesses três níveis.

O edema é resolvido pela dilatação dos vasos e otimização da circulação, a fibrose é rompida pela injeção de gás, e a gordura mais facilmente queimada pelo aumento do metabolismo que ocorre no local. É o tratamento mais completo em comparação com outros, como endermologia e drenagem linfática, por exemplo

Estrias: No caso da estria, o gás carbônico atua distendendo o tecido desta cicatriz - a elevação visível durante o tratamento. O descolamento preenche essa região de gás carbônico e estimula a formação de colágeno no local. Os benefícios são muito mais visíveis para estrias novas, avermelhadas.

Estrias brancas são mais antigas e fibras elásticas que já estão totalmente rompidas não se regenerarão. Da mesma maneira a carboxiterapia atua no tratamento de cicatrizes e no tratamento de fibroses decorrentes de cirurgias plásticas, como a lipoaspiração, por exemplo. O ácido carbônico rompe a fibrose e ameniza irregularidades

Olheiras: no caso das olheiras, a carboxiterapia estimula a melhora da circulação e formação de novos vasos sanguíneos que amenizam a aparência escurecida. Para a flacidez da pele, o benefício está na formação de colágeno e elastina.

Gordura localizada: os resultados da carboxiterapia no tratamento da gordura localizada são mais discretos. Além de melhorar a circulação e a queima de gordura no local, a carboxiterapia promove a quebra das células de gordura a partir da estimulação de seus receptores beta adrenérgicos.

Os resultados aparecem progressivamente e são mais visíveis entre cinco e dez sessões de carboxiterapia. Em cada caso é recomendada uma periodicidade. De maneira geral, o tratamento para celulite pode ser feito em dias alternados e a carboxiterapia para estrias e cicatrizes deve ser feita uma vez por semana.

Para o profissional que queira atuar com Carboxiterapia, recomendo um curso sobre Carboxiterapia com um bom profissional. Para isso, indico o pacote ouro. São 3 cursos em 1!  Você terá acesso aos conteúdos de Carboxiterapia Científica, Descolamento Compartimental (DEEP Carboxi) e Hidrolipoclasia (HLC) em um único curso! E o melhor de tudo: assistir na sua casa, clínica ou espaço de beleza. Clique aqui e saiba mais!



Você não pode perder


Tecnologia do Blogger.