Microfisioterapia






http://www.gracielycarvalho.com.br/wp-content/uploads/2011/03/microfisioterapia-fisioterapia-manual-cor.jpg

A Microfisioterapia é uma técnica manual que consiste em achar nos pacientes, marcas de eventos não eliminados pelo organismo que são as origem dos sintomas. Uma estimulação dessas zonas possibilita o inicio da autocorreção do organismo capaz de elimina-los.
Definição

O corpo humano, como qualquer organismo vivo, é capaz de se adaptar , se defender e se corrigir de eventos agressores traumáticos, emocionais, tóxicos, virais, microbianas ou ambientais.

Quando a agressão é maior do que as possibilidades de defesa do organismo, a vitalidade do tecido do corpo concernido será prejudicada. Existe a “memorização” da agressão. A microfisioterapia procura por técnicas específicas de micropalpação manual os traços deixados por essas agressões em vários tecidos do organismo. A Ação consiste em fazer manualmente os mecanismos de autocorreção para se evitar a degradação dos tecidos e restaurar a sua função.

A sessão

Após as informações adquiridas pela avaliação sobre as dores e disfunções das quais os pacientes sofrem, o terapeuta pede ao paciente para se deitar à maca com suas pernas levemente flexionadas. Então com as mãos ele palpa os sintomas, por exemplo, a zona da qual o paciente sofre. Essa primeira palpação que se faz de variadas maneiras com suas mãos: Com pressão, toque, rotação, aspiração, etc...Então já é possível identificar a disfunção do tecido e ter uma pequena idéia da origem dessa desordem.

Mas o tratamento começa somente quando se deixa o sintoma, para controlar os tecidos por gestos metodológicos e rigorosos no corpo onde estão os traços e as memórias dos eventos responsáveis pelo distúrbio. Um pode controlar, por exemplo, os traços choques traumáticos, das infecções ou lesões tóxicas, mas também dos traumas emocionais ou das dificuldades essenciais que perturbam as pessoas.

Então cada uma dessas causas não eliminadas, deixa traços e marcas no organismo em locais específicos sem uma relação com a zona em sofrimento. Quando a restrição aparece entre as mãos do terapeuta nessas condições, ele irá então colocá-la em conexão com a zona anatômica pela definição dos gestos palpatórios nos estágios do corpo atingindo, nos tecidos concernidos e irá então ser capaz de localizar a zona correspondente com o evento que o perturba. Isso pode então indicar que agressão infecciosa achada se relaciona com os brônquios e que esse choque emocional perturbou o funcionamento da glândula tireóide.

A estimulação é feita entre as porções de uma unidade que preserva a memória do evento no qual está na origem da desordem mo local onde ela apareceu. O terapeuta irá reinformar então a organização do ocorrido para permiti-lo reagir a esse evento. Todas as variáveis que preservam as causas conhecidas de disfunção são controladas e “limpas”. No final, o terapeuta volta a palpar os sintomas iniciais para confirmar se algo mais aparece nesse nível. A duração da consulta e tratamento é normalmente de 45 min.

Fonte: http://www.multifisio.com.br/micro.html

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping