Saiba mais sobre o Water Pilates







Pilates na água é a adequação dos princípios físicos da água com os princípios corporais do método Pilates desenvolvido por Joseph Pilates.

O Pilates na água tem apresentado grandes benefícios para seus praticantes. Tem crescido e hoje existe em diversos locais do mundo, sendo de uso do profissional de reabilitação, educação física ou instrutor Pilates.

Trata-se de uma forma muito agradável de se executar movimentos que irão beneficiar a estruturação corporal principalmente no que se refere a postura e respiração. Os resultados são músculos fortes, resistentes equilibrados e alongados.


Indicações:

- Esclerose múltipla

- Hérnia de disco e degenerações discais específicas

- Entorses de tornozelo e joelho

- Pós-operatório em geral

- Pós-fratura consolidada

- Escoliose

- Hiperlordose - acompanhada ou não de lombalgia ou cervicobraquialgia

- Cifose




Existem algumas contra indicações tais como:

- Dor aguda

- Hipertensão descontrolada

- Tímpano perfurado

- Radioterapia




Abaixo alguns dos benefícios do Water Pilates

- Aumento da resistência física.

- Alongamento e maior controle corporal.

- Correção postural.

- Aumento da flexibilidade.

- Melhora da coordenação motora.

- Maior mobilidade das articulações.

- Fortalecimento dos órgãos internos.

- Estimulação do sistema circulatório e oxigenação do sangue.

- Aumento da concentração.

- Relaxamento.

A técnica segue alguns princípios, são eles: respiração, concentração, centro de força (power house), controle, precisão e pode ser dividida em duas frentes:

Pilates na água tradicional – são executados movimentos como hundred, single leg strecht, leg pull, entre outros, que pertencem ao método pilates tradicional (no solo).

Pilates na água tradicional com acessórios – utilizamos o flex ring (círculo mágico) e faixas elásticas, que são tão comuns ao universo de um estúdio de pilates, mas também a plataforma da piscina, que possibilita exercícios em outras posições como quatro apoios, em decúbito lateral, sentado, entre outras.

Principios Básicos de Exercícios Pilates.

Concentração

Deve-se prestar atenção aos movimientos que se está realizando. Pense em cada passo que dá e, começará a dar conta ao inter-relacionamento que existe entre os movimientos do corpo. A mente interage em cada movimento. Visualize o passo seguinte, isto fará com que o sistema nervoso eleja a combinação de músculos correta para se fazer o exercício. Quando o corpo e a mente funcionarem em equipe, alcançará um programa de exercício ideal.

Controle

No método Pilates é muito importante que a mente controle completamente qualquer movimento físico. Em outras palavras, o movimento e a atividade descontrolada produzem um regime de exercícios fortes e contra-produtivos. Alguns programas de exercícios não dão importância a este controle e é por isso que as pessoas se lesionam.

Centramento.

O corpo humano tem um centro físico que emana todos os movimentos. Joseph H. Pilates chama esta zona de “ Central Elétrica”. Essa zona compreende o abdomen, a parte inferior das costas e as nádegas. O método Pilates presta atenção no fortalecimento deste centro. Os músculos que estão relacionados com a central elétrica sujeitam a coluna vertebral, os órgãos internos e a postura que se adota. Praticamente todos os exercícios de Pilates se centram na Central Elétrica com a finalidade de estabilizar o tronco e poder alongar e fortalecer o corpo. O centramento melhora a cintura, reduz o estômago e corrige a postura que se adota com a finalidade de prevenir a dor nas costas, bem como outras enfermidades.

Movimento fluido.

Romana Kryzanowska, a única discípula viva de Joseph H. Pilates, define o método Pilates como “um movimento fluido que vai desde um centro forte até as extremidades”. O exercício possibilita que se realize uma grande quantidade de movimentos de uma maneira fluida e controlada. Não se tem que apressar o exercício seguinte em quanto se sente o esforço, devendo evitar os movimentos rígidos e espasmódicos.

Precisão.

A precisão faz par com o segundo princípio, o controle. Pilates dizia: “ Cada vez que faz exercícios, concentre-se nos movimentos corretos, se não os fará mal e não servirá para nada”. Tem que haver coordenação entre todos os movimentos e quando se conhece os passos de cada exercício e não se sente cômodo, se deve tomar o controle do corpo e tentar fazer os movimentos corretos em cada exercício.

Respiração.

Pilates resalta a importância que tem a pureza do fluxo sanguineo. Esta pureza se manterá respirando-se corretamente, enquanto se faz os exercícios, ao oxigenar o sangue e eliminar os gases nocivos. Joseph H. Pilates chegou a conclusão de que a melhor técnica respiratória para expulsar o mal e absorver o bom é um inchaço completo dos pulmões mediante uma inalação profunda. Com o tempo poderá coordenar a respiração com os movimetnos de cada exercício. Por regra geral, inalará para preparar-se para um movimento e exalará enquanto se executa.




Pontos importantes




Antes de começar a executar um exercício Pilates existem alguns pontos que são muito importantes de serem observados, tais como:


Relaxamento.

Como o método pilates precisa de controle e concentração, muitos principiantes tendem a permanecer tensos ou rígidos enquanto executam os exercícios. Para evitar esta tendência controladora, temos que relaxar os músculos ao mesmo tempo em que conservamos o tônus necessário para manter a posição do exercício. Um indício de que estamos tencionando os músculos é quando começamos a nos por rígidos e a tremer. Devemos liberar parte da tensão até que se alcance um equilíbrio entre a rigidez e o colapso total.


Central elétrica.

Para Pilates, a parte mais importante do corpo é a zona em que se encontram a parte inferior da caixa torácica e a linha que cruza o quadril, a qual a chama de central elétrica. Na realidade, todos os exercícios fazem com que se trabalhe a central elétrica e se consiga aplainar o abdome e reforçar e desenvolver uniformemente a região lombar.


Levar o umbigo até a coluna.

Isto que dizer que se deve reduzir toda a distância entre o abdome e a coluna vertebral. Apóie as costas em um tapete ou colchonete e respire normalmente, imagine um objeto pesado fazendo pressão no abdome. Force o umbigo até as costas e continue respirando sem permitir que se eleve o abdome. Mantenha o abdome plano, evitando que suba e abaixe as costelas.


Pilates na água é a adequação dos princípios físicos da água com os princípios corporais do método Pilates desenvolvido por Joseph Pilates.

O Pilates na água tem apresentado grandes benefícios para seus praticantes. Tem crescido e hoje existe em diversos locais do mundo, sendo de uso do profissional de reabilitação, educação física ou instrutor Pilates.

Trata-se de uma forma muito agradável de se executar movimentos que irão beneficiar a estruturação corporal principalmente no que se refere a postura e respiração. Os resultados são músculos fortes, resistentes equilibrados e alongados.

Evitar a hiperextensão.

Quando se estende os braços e as pernas, tanto nos exercícios pilates quanto em qualquer outro, começamos a tencionar e bloquear a continuação dos cotovelos e dos joelhos. Isto pode produzir sub-luxação ou hiperextensão, que pode nos causar uma lesão. Assegure-se de alongar as extremidades sem bloqueá-las.


Enrijecer os glúteos.

Há um exercício muito simples que reforça os músculos flácidos dos glúteos (as nádegas) devolvendo sua forma e tônus. Imagine que quando estás trabalhando os exercícios de Pilates tem uma moeda entre as nádegas e a mantenha pressionada.


Rodar as vértebras.

Seja qual exercício esteja fazendo nunca se deve fazer movimentos bruscos e espasmódicos com a coluna vertebral.

A caixa.

É a postura que devemos manter principalmente quando estamos em pé imaginando uma linha reta atravessando toda nossa coluna vertebral e alinhando os ombros com os quadris.



O Water Pilates se torna interessante porque possibilita pessoas que tem dificuldades de movimentação em solo, já que a água e seus princípios auxiliam neste sentido. Torna-se também uma variação do método tradicional com o potencial lúdico que a água possui.
Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.