Header Ads


Saiba mais sobre o Water Pilates







Pilates na água é a adequação dos princípios físicos da água com os princípios corporais do método Pilates desenvolvido por Joseph Pilates.

O Pilates na água tem apresentado grandes benefícios para seus praticantes. Tem crescido e hoje existe em diversos locais do mundo, sendo de uso do profissional de reabilitação, educação física ou instrutor Pilates.

Trata-se de uma forma muito agradável de se executar movimentos que irão beneficiar a estruturação corporal principalmente no que se refere a postura e respiração. Os resultados são músculos fortes, resistentes equilibrados e alongados.


Indicações:

- Esclerose múltipla

- Hérnia de disco e degenerações discais específicas

- Entorses de tornozelo e joelho

- Pós-operatório em geral

- Pós-fratura consolidada

- Escoliose

- Hiperlordose - acompanhada ou não de lombalgia ou cervicobraquialgia

- Cifose




Existem algumas contra indicações tais como:

- Dor aguda

- Hipertensão descontrolada

- Tímpano perfurado

- Radioterapia




Abaixo alguns dos benefícios do Water Pilates

- Aumento da resistência física.

- Alongamento e maior controle corporal.

- Correção postural.

- Aumento da flexibilidade.

- Melhora da coordenação motora.

- Maior mobilidade das articulações.

- Fortalecimento dos órgãos internos.

- Estimulação do sistema circulatório e oxigenação do sangue.

- Aumento da concentração.

- Relaxamento.

A técnica segue alguns princípios, são eles: respiração, concentração, centro de força (power house), controle, precisão e pode ser dividida em duas frentes:

Pilates na água tradicional – são executados movimentos como hundred, single leg strecht, leg pull, entre outros, que pertencem ao método pilates tradicional (no solo).

Pilates na água tradicional com acessórios – utilizamos o flex ring (círculo mágico) e faixas elásticas, que são tão comuns ao universo de um estúdio de pilates, mas também a plataforma da piscina, que possibilita exercícios em outras posições como quatro apoios, em decúbito lateral, sentado, entre outras.

Principios Básicos de Exercícios Pilates.

Concentração

Deve-se prestar atenção aos movimientos que se está realizando. Pense em cada passo que dá e, começará a dar conta ao inter-relacionamento que existe entre os movimientos do corpo. A mente interage em cada movimento. Visualize o passo seguinte, isto fará com que o sistema nervoso eleja a combinação de músculos correta para se fazer o exercício. Quando o corpo e a mente funcionarem em equipe, alcançará um programa de exercício ideal.

Controle

No método Pilates é muito importante que a mente controle completamente qualquer movimento físico. Em outras palavras, o movimento e a atividade descontrolada produzem um regime de exercícios fortes e contra-produtivos. Alguns programas de exercícios não dão importância a este controle e é por isso que as pessoas se lesionam.

Centramento.

O corpo humano tem um centro físico que emana todos os movimentos. Joseph H. Pilates chama esta zona de “ Central Elétrica”. Essa zona compreende o abdomen, a parte inferior das costas e as nádegas. O método Pilates presta atenção no fortalecimento deste centro. Os músculos que estão relacionados com a central elétrica sujeitam a coluna vertebral, os órgãos internos e a postura que se adota. Praticamente todos os exercícios de Pilates se centram na Central Elétrica com a finalidade de estabilizar o tronco e poder alongar e fortalecer o corpo. O centramento melhora a cintura, reduz o estômago e corrige a postura que se adota com a finalidade de prevenir a dor nas costas, bem como outras enfermidades.

Movimento fluido.

Romana Kryzanowska, a única discípula viva de Joseph H. Pilates, define o método Pilates como “um movimento fluido que vai desde um centro forte até as extremidades”. O exercício possibilita que se realize uma grande quantidade de movimentos de uma maneira fluida e controlada. Não se tem que apressar o exercício seguinte em quanto se sente o esforço, devendo evitar os movimentos rígidos e espasmódicos.

Precisão.

A precisão faz par com o segundo princípio, o controle. Pilates dizia: “ Cada vez que faz exercícios, concentre-se nos movimentos corretos, se não os fará mal e não servirá para nada”. Tem que haver coordenação entre todos os movimentos e quando se conhece os passos de cada exercício e não se sente cômodo, se deve tomar o controle do corpo e tentar fazer os movimentos corretos em cada exercício.

Respiração.

Pilates resalta a importância que tem a pureza do fluxo sanguineo. Esta pureza se manterá respirando-se corretamente, enquanto se faz os exercícios, ao oxigenar o sangue e eliminar os gases nocivos. Joseph H. Pilates chegou a conclusão de que a melhor técnica respiratória para expulsar o mal e absorver o bom é um inchaço completo dos pulmões mediante uma inalação profunda. Com o tempo poderá coordenar a respiração com os movimetnos de cada exercício. Por regra geral, inalará para preparar-se para um movimento e exalará enquanto se executa.




Pontos importantes




Antes de começar a executar um exercício Pilates existem alguns pontos que são muito importantes de serem observados, tais como:


Relaxamento.

Como o método pilates precisa de controle e concentração, muitos principiantes tendem a permanecer tensos ou rígidos enquanto executam os exercícios. Para evitar esta tendência controladora, temos que relaxar os músculos ao mesmo tempo em que conservamos o tônus necessário para manter a posição do exercício. Um indício de que estamos tencionando os músculos é quando começamos a nos por rígidos e a tremer. Devemos liberar parte da tensão até que se alcance um equilíbrio entre a rigidez e o colapso total.


Central elétrica.

Para Pilates, a parte mais importante do corpo é a zona em que se encontram a parte inferior da caixa torácica e a linha que cruza o quadril, a qual a chama de central elétrica. Na realidade, todos os exercícios fazem com que se trabalhe a central elétrica e se consiga aplainar o abdome e reforçar e desenvolver uniformemente a região lombar.


Levar o umbigo até a coluna.

Isto que dizer que se deve reduzir toda a distância entre o abdome e a coluna vertebral. Apóie as costas em um tapete ou colchonete e respire normalmente, imagine um objeto pesado fazendo pressão no abdome. Force o umbigo até as costas e continue respirando sem permitir que se eleve o abdome. Mantenha o abdome plano, evitando que suba e abaixe as costelas.


Pilates na água é a adequação dos princípios físicos da água com os princípios corporais do método Pilates desenvolvido por Joseph Pilates.

O Pilates na água tem apresentado grandes benefícios para seus praticantes. Tem crescido e hoje existe em diversos locais do mundo, sendo de uso do profissional de reabilitação, educação física ou instrutor Pilates.

Trata-se de uma forma muito agradável de se executar movimentos que irão beneficiar a estruturação corporal principalmente no que se refere a postura e respiração. Os resultados são músculos fortes, resistentes equilibrados e alongados.

Evitar a hiperextensão.

Quando se estende os braços e as pernas, tanto nos exercícios pilates quanto em qualquer outro, começamos a tencionar e bloquear a continuação dos cotovelos e dos joelhos. Isto pode produzir sub-luxação ou hiperextensão, que pode nos causar uma lesão. Assegure-se de alongar as extremidades sem bloqueá-las.


Enrijecer os glúteos.

Há um exercício muito simples que reforça os músculos flácidos dos glúteos (as nádegas) devolvendo sua forma e tônus. Imagine que quando estás trabalhando os exercícios de Pilates tem uma moeda entre as nádegas e a mantenha pressionada.


Rodar as vértebras.

Seja qual exercício esteja fazendo nunca se deve fazer movimentos bruscos e espasmódicos com a coluna vertebral.

A caixa.

É a postura que devemos manter principalmente quando estamos em pé imaginando uma linha reta atravessando toda nossa coluna vertebral e alinhando os ombros com os quadris.



O Water Pilates se torna interessante porque possibilita pessoas que tem dificuldades de movimentação em solo, já que a água e seus princípios auxiliam neste sentido. Torna-se também uma variação do método tradicional com o potencial lúdico que a água possui.

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Tecnologia do Blogger.