Fisioterapia no tratamento e reabilitação dos cavalos atletas







Picasso Easy: vencedor do GP Brazilian Futurity 2008 (foto da classificatória)

A autora exemplifica o sucesso desse trabalho na recuperação feita com o potro de Corrida Picasso Easy

Por: Dra. Paola Scarano Azevedo Silva*

Este artigo tem como objetivo fundamental re-latar algumas técnicas fisiote-rápicas, utilizadas em medicina veterinária, detalhando suas funções e benefícios, que podem ser aplicadas no tratamento e na recuperação de injúrias que acometem em cavalos atletas.

Elas vêm se tornando uma realidade, no decorrer dos anos, por apresentar uma característica não inva­siva e indolor; sendo que, as aplicações podem ser feitas com tranqüilidade, desprezando o uso de sedativos ou artifícios de contenção.

Assim, o resultado será uma cura eficiente, uma redução do tempo de recuperação, muitas vezes sem a utilização concomitante de medicamentos, com a vantagem de não interromper a rotina de treinamento dos animais.

Ela pode ser associada ao tratamento clínico convencional, além de ser extremamente eficiente durante as competições, por apresentar efeitos positivos em condições inflamatórias, diminuindo a dor e conseqüentemente melhorando a performance.

Cavalos atletas estão sujeitos a inúmeras lesões, devido ao grande esforço físico a que são submetidos durante a rotina de treinamento. Animais de Corrida e de Trabalho são os mais afetados, principalmente os que participam de provas de velocidade.

Existem várias modalidades que podem ser utilizadas, as quais vão depender do tipo de lesão a ser tratada. Neste artigo, abordaremos somente aquelas que são mais empregadas no dia-a-dia, como o Laser terapêutico, Eletroterapia, Ultra-som terapêutico e o Campo Magnético Pulsátil.

Indicações e benefícios


Aplicação de laser em dores lombares

Os métodos utilizados promovem principalmente analgesia (diminuição da dor), o efeito antiinflamatório do tecido afetado e a diminuição do ede­ma (inchaço).

Assim, o resultado é positivo principalmente em: lesões musculares (atrofias e miopatias); problemas do aparelho locomotor como tendinites, desmi­tes (inflamação dos ligamentos), artrites (lesões articulares) e periostites ("dor de canela"); cicatrização de feridas (abertas ou cirúrgicas); e problemas neurológicos.

Uma outra aplicação é em áreas pós-cirúrgicas, com a finalidade de auxiliar a cura, eliminar o edema e a dor.

A rotina intensa de exercícios pode causar problemas musculares que interferem na performance, onde os mais freqüentes são disten­sões e atrofias. É muito importante salientar, que muitas injeções musculares, com produtos irritantes, também podem causar inflamação na região (miosites) e conseqüentemente dor.

Outra vantagem importante é que, na medida em que se alivia a sensação dolorosa numa região, há uma diminuição da irritabilidade do animal, melhora na mobilidade articular e um melhor condicionamento da musculatura.

Antes de iniciar qualquer tipo de terapia, é sempre importante fazer a avaliação do tipo de patologia, para que se escolha a modalidade mais apropriada. Ela vai depender do grau de lesão apresentada pelo animal, como, por exemplo, uma injúria aguda (pós-exercício intenso) ou processos crônicos, que não tiveram resultados com outros tipos de tratamento.

Assim,o diagnóstico do médico veterinário responsável, em conjunto com a avaliação do fisioterapeuta, é fundamental para que se obtenha uma cura eficiente e com um menor tempo de recuperação.

Métodos Terapêuticos

Laser Terapêutico


Aplicação de laser na região do tendão

O termo laser é uma abreviação utilizada para definir: "Amplificação da luz pela emissão estimulada de radiação". Isso significa que a potência da luz é bastante aumentada, devido à emissão de certas substâncias contidas no aparelho (gerador do feixe laser), que foram chamadas de photons ou "pacotes de energia".

Assim, a radiação do laser vai atuar aumentando a velocidade e energia da luz, conferindo-lhe o poder de penetrar nos tecidos. Os aparelhos usados em fisioterapia são os de baixa potência (não térmicos), sendo que, os mais modernos, devido à característica da luz emitida, chegam a alcançar uma penetração tecidual de até 10 cm.

Não podemos deixar de citar que também existem os lasers de alta potência (térmicos), que são utilizados em cirurgia, podendo cortar tecidos ou até mesmo coagular o sangue.

As irradiações laser, portanto, proporcionam às células, tecidos e o organismo em conjunto, uma energia que estimula, em todos os níveis, as reações fisiológicas, normalizando as deficiências e equilibrando as desigualdades.


Aplicação de laser em lesões musculares

Efeitos terapêuticos gerais: as aplicações do laser de baixa potência demonstram resultados positivos nas seguintes situações: efeito antiinflama­tório, analgesia, cicatrização de feridas e acupuntura. Ele atua nas fibras nervosas, dificultando a transmissão do estímulo doloroso e estimula a produção de beta-endorfinas (substâncias produzidas pelo organismo que causam relaxamento e bem estar), provocando a normalização e o equilíbrio da energia no ponto lesionado.

O feixe laser tem a capacidade de regenerar a área afetada, principalmente nos casos que o animal apresenta alguma lesão muscular como, por exemplo, distensões ocorridas durante o treinamento.

Outras estruturas muito comprometidas sistema locomotor são os tendões e ligamentos, onde esse tipo de modalidade é bastante útil por trazer benefícios importantes no processo de cicatrização, favorecendo a resolução da reação inflamatória mais rapidamente do que o organismo, por si só, seria capaz.

Em casos de edema ("inchaço") provocado por traumas, injeções irritantes e no pós-operatório de lesões articulares ele é muito empregado, pois estimula a circulação e conseqüentemente diminui a inflamação.

Indicações: esta alternativa de tratamento é muito utilizada, com grande sucesso, nas seguintes situações:

- lesões musculares e miopatias induzidas pelo exercício;
- tendinites e desmites;
- flebites;
- artrites;
- periostites;
- cicatrização de feridas;
- áreas pós-cirúrgicas para eliminar o edema e a dor;
- fase aguda, por não aumentar a temperatura tecidual.

 


Aplicação de ultra-som em edemas articulares

Eletroterapia

Essa modalidade terapêutica utiliza aparelhos que produzem corrente elétrica, através de eletrodos de baixa voltagem, que são fixados no local onde se deseja atuar, com a finalidade de produzir analgesia e relaxamento muscular. Esse tipo de estimulação não possui efeitos colaterais e pode ser usado em lesões agudas ou crônicas.

O equipamento mais utilizado é chamado de Tens-Fes que permite estimulação elétrica através da pele, atingindo principalmente a área nervosa e muscular. Todo dispositivo utilizado para criar estímulos elétricos, de forma não invasiva para produzir analgesia, é um Tens, onde a corrente elétrica é aplicada de forma confortável, sem oferecer riscos ao animal.

O aparelho também utiliza modos de estimulação, que geram contrações musculares, com a finalidade de recuperar os músculos atrofiados, como ocorre nos casos de distensões pós-exercício ou em patologias que afetam o sistema nervoso como, por exemplo, nos casos de EPM ("bambeira"), onde a lesão muscular ocorre pela falta de estimulação nervosa.

Ela também tem vasta aplicação em animais que tiveram perda da massa muscular, em função de elevado tempo de imobilização, devido a cirurgias, fraturas ou desuso dos membros decorrência da dor.

O tempo de aplicação varia em função da intensidade e do tipo da lesão, bem como do resultado que está se obtendo com o tratamento.


Aplicação de campo magnético pulsátil em fissuras de canela

Indicações:

- alívio da dor;
- fortalecimento muscular;
- atrofia muscular;
- contraturas articulares;
- redução de edemas;
- estimulação de pontos de acupuntura.

Ultra-som Terapêutico

O ultra-som é uma forma de energia acústica, gerado por um transdutor, com a capacidade de emitir ondas que, ao atravessarem os tecidos, produzem efeitos térmicos e não térmicos.

Efeitos térmicos : o aquecimento controlado produz efeitos positivos como:

- Aumento do fluxo sangüíneo no local;
- Analgesia;
- Diminuição do edema;
- Relaxamento muscular e articular.

Efeitos não térmicos : aqueles que envolvem mudanças fisiológicas nos tecidos, as quais não são atribuídas ao calor:

- Capacidade de penetração de substâncias através da pele como, por exemplo, medicamentos que podem ser aplicados na área afetada;

- Estimula a circulação sangüínea e linfática, reduzindo o processo inflamatório local.

O ultra-som terapêutico apresenta efeitos positivos na cura de processos inflamatórios dos tendões e ligamentos; periostites ("dor de canela") e é bastante utilizado no pós-operatório de cirurgias articulares, reduzindo o edema, acelerando o processo de cicatrização e mobilidade articular.

Indicações:

- edemas e hematomas;
- tendinites e desmites;
- sobreossos;
- cicatrização das bordas de feridas;
- dores musculares.

Campo Magnético Pulsátil

O campo magnético é produzido por um aparelho, formado por duas placas, que emite energia elétrica (apesar de não utilizar fios ou eletrodos) através de um condutor, com freqüências programáveis. Este campo promove uma aceleração da cicatrização, devido ao aumento circulatório local, promovendo um maior aporte de oxigênio e nutrientes para o tecido.

Ele é fixado na região comprometida, por intermédio de acessórios especiais, como mantas e caneleiras e é utilizado tanto no corpo do animal (afecções da coluna vertebral) quanto nos membros.

É uma modalidade terapêutica bastante eficaz na reparação óssea, principalmente em fissuras e fraturas de difícil união. Por outro lado, para os outros tecidos, os estudos variam muito, assim como os resultados positivos obtidos com esse tipo de terapia.

Indicações:

Os efeitos positivos são obtidos principalmente nas seguintes condições:

- Fraturas (recentes, antigas, com pino ou de difícil imobilização);
- fissuras;
- periostites ("dor de canela");
- alívio da dor em problemas musculares;
- processos inflamatórios agudos e crônicos.

Conclusão

Animais de performance da raça Quarto de Milha, principalmente aqueles que participam de modalidades de velocidade, são extremamente exigidos fisicamente, tanto nas provas como na rotina de treinamento.

As técnicasfisioterápicas discutidas nesse artigo trazem benefícios no tratamento, reabilitação e prevenção de lesões importantes, além de promover a manutenção da integridade física e conseqüentemente prolongar a atividade competitiva do seu animal.

Além disso, elas são uma alternativa de tratamento interessante, tanto para os proprietários como para os treinadores, por serem antidoping.

É importante salientar que a fisioterapia demonstra resultados quando é feita corretamente por um médico veterinário especializado, onde o método terapêutico escolhido e o número de aplicações vão depender do grau de comprometimento da região afetada.

Para mostrar a importância desse tipo de trabalho, a dra. Paola Silva nos informou sobre o que foi realizado com o potro de Corrida Picasso Easy.

"No dia 24 de março, demos início há um tratamento fisioterápico no potro após ser constatado uma atrofia muscular bastante acentuada.

Na mesma semana, mesmo sem as condições ideais, ele correu as classifica­tórias do GP Super Sprint e ficou na terceira colocação.

Com menos de 40 dias de tratamento,
após ser constatada uma forte atrofia muscular, o potro teve grande melhora e venceu o GP


Aplicação de laser em atrofias musculares

A partir daí, tivemos aproximadamente o mês inteiro de abril para recuperá-lo e, para nossa alegria, ele conquistou no dia 27 o título do GP Brazilian Futurity", disse ela com muito satisfação.

A dra. Paola fez questão de agradecer o apoio que recebeu de veterinários, os doutores Hernani Azevedo Silva Neto e Helena Isola, para o sucesso desse caso.

Dra. Paola Scarano Azevedo Silva – CRMV-SP 8591 é médica veterinária, formada pela Universidade Paulista (UNIP), especializada em fisioterapia eqüina e responsável pelo Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias Eqüina, localizado no Jockey Club de Sorocaba. Contato: (11) 9954-2608 – paolascarano@hotmail.com



Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Dani

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping