Saiba tudo sobre Corrente Farádica






A corrente farádica possui impulso de curta duração de modo que ajuda aumentar a tolerância com relação à sensibilidade. Utilizada em casos de estimulação muscular recuperativa e a respiração comandada no efisema, bronquiectasia e asma brônquica.

Algumas considrações sobre esse tipo de correntw:

Para se ter estímulos analgésicos, quanto mais curta for a duração, a pausa mais rápida e sua sucessão mais perto da articulação ocorrerá contração da capa muscular que a envolve. Os estímulos longos seguidos de pausa mais ou menos longa, atuam como bombas de compressão e descompressão, contraindo os músculos grandes e expelindo com ele o sangue que circula na região que se encontra entre os eletrodos.

A utilização de 50-70mseg para transtornos venosos, como estases, edemas pós-traumáticos por inatividade.

EFEITOS FISIOLÓGICOS:

A ação da corrente farádica sobre os nervos motores provoca contração muscular sendo a estimulação sobre o ponto motor a responsavél por maior excitabilidade e contração mais eficiente. Nos nervos sensitivos, produz sensação de comichão ou leve ardência; a nível muscular, produz contração voluntária- trabalho muscular; sobre as fibras musculares, leva ao aumento do volume , melhorando a resistência e foça. No retorno venoso, provoca contração e relaxamento muscular sobre os vasos linfáticos e sangüíneos- provocando melhoras na circulação, aumentando o aporte de oxigênio e a metabolização.(MACHADO,1991).

TRATAMENTO POR IMPULSO COM INCLINAÇÃO VARIÁVEL, IMPULSOS EXPONENCIAIS: se aplica às paralisias de açaõ degenerativa( musculatura de fibras transversais que não respondem às placas terminais motoras). O tratamento fundamenta-se no princípio de dirigir isoladamente cada músculo em tratamento à uma contração rítmica. Com as vantagens de que os músculos degenerados lisos necessitam de um tempo maior de estimulação, não apresentando acomodação respondendo á uma excitação elétrica que alcança sua intensidade máxima progressivamente.

TÉCNICAS DE APLICAÇÃO:

Técnica bipolar:

* despir e examinar a área, testar a sensibilidade;

* posicionar o PC;

* zerar, ligar o aparelho;

* moldar os eletrodos à pele, saturar a esponja em solução de NaCl a 2% ou água morna;

* eletrodo positivo colocado no início do ventre muscular ou origem muscular.

INDICAÇÃO

A corrente farádica é usada quando seu objetivo for de produzir contrações musculares e, somente, quando estas não puderem ser realizadas voluntariamente. A partir do momento que o paciente conseguir contrair seus músculos ativamente voluntária, deve-se substituir a corrente farádica por cinesioterapia.

da forma bipolar: estimulação de grupos musculares (mm grandes e médios);

da forma unipolar: estimulação de um músculo pequeno e estimulação muscular seletiva.


Principais indicações:

  • Paresias

  • Atrofias

  • Reabsorção de edema traumático

  • Diminuir ou evitar aderência

  • Melhorar a circulação.


Contra-indicações

  • Estados febris;

  • Extremos de idade; 

  • Paralisia espática; 

  • Degeneração do axônio; 

  • Secção do axônio; 

  • Perda de sensibilidade; 

  • Paralisia flácida com reação de degeneração; 

  • Região pré-cordial.



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.