Fibromialgia versus dor miofascial






Dentre as condições dolorosas crônicas que acometem o sistema
musculoesquelético destacam-se a fibromialgia e a dor miofascial.
Enquanto a fibromialgia corresponde a uma condição dolorosa difusa, a
dor miofascial é caracterizada pelo envolvimento localizado. Esta
manifesta-se por dor e rigidez muscular no assim chamado "trigger
point", o qual, ao ser pressionado, desencadeia intensa dor com
irradiação de topografia bem estabelecida. Além disso, o leve toque do
examinador na região dolorosa acarreta a formação de uma banda
muscular rígida. A dor miofascial pode manifestar-se sob a forma de
cefaléia tensional, lombalgia, cervicalgia, doença relacionada ao
trabalho ou esforços repetitivos ou à disfunção temporomandibular.

Assim como a fibromialgia, a dor miofascial é freqüente em mulheres
entre 40 e 50 anos. Fadiga, rigidez, distúrbios de sono, ansiedade ou
depressão menos freqüentemente acompanham o quadro. Difere da
fibromialgia na medida em que constitui um acometimento regional e não
difuso, com a presença de "trigger points" e não de "tender points".
Os "tender points" da fibromialgia são 18, têm localização padronizada
e não desencadeiam dor irradiada quando são pressionados. O
comprometimento funcional na dor miofascial é temporário, enquanto na
fibromialgia é mais intenso e duradouro; os "trigger points" respondem
melhor à terapêutica localizada que os "tender points".

Como exemplo de síndromes miofasciais, na síndrome da articulação
temporomandibular a dor na mandíbula se irradia para a cabeça e
pescoço. Na cefaléia tensional, no torcicolo e na dor lombar pode-se
palpar uma massa muscular sob tensão, dolorosa e com disfunção do
movimento, É possível de se reproduzir a dor pressionando-se o
"trigger point", reproduzir a banda de tensão muscular ao se percutir
levemente o local. A evolução favorável pode ser promovida por meio de
alongamento muscular ou infiltração localizada.
Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.