Fisioterapia e Hipertensão Arterial Sistêmica







A hipertensão, popularmente conhecida como "pressão alta", está relacionada com a força que o sangue faz contra as paredes das artérias para conseguir circular por todo o corpo. O estreitamento das artérias aumenta a necessidade de o coração bombear com mais força para impulsionar o sangue e recebê-lo de volta. Como consequência, a hipertensão dilata o coração e danifica as artérias. Esta patologia acomete crianças, adultos e idosos, homens e mulheres de todas as classes sociais e condições financeiras.

Considera-se hipertensa a pessoa que, medindo a pressão arterial em repouso, apresenta valores iguais ou acima de 14 por 9 (140mmHg X 90mmHg). Hipertensos têm maior propensão para apresentar comprometimentos vasculares, tanto cerebrais, quanto cardíacos. Os valores da pressão arterial não são sempre os mesmos durante o dia. Geralmente caem, quando dormimos ou estamos relaxados, e sobem com a atividade física, agitação, estresse.

Hipertensão arterial é doença traiçoeira, só provoca sintomas em fases muito avançadas ou quando a pressão arterial aumenta de forma abrupta e exagerada. Em geral, não há sintomas de pressão alta, portanto, você não a sente. O único jeito de descobri-la é através da checagem. Isso é especialmente importante se você tem algum parente com pressão alta. Se a sua pressão estiver extremamente alta, você pode ter alguns sintomas:

Dor de cabeça intensa;

Fadiga ou confusão mental;

Problemas de visão;

Dor no peito;

Dificuldade para respirar;

Batimentos cardíacos irregulares;

Sangue na urina.

A fisioterapia tem como objetivo maximizar a capacidade funcional e evitar complicações advindas do aumento da pressão, utilizando habilidades que incluem exercícios respiratórios, alongamentos, caminhadas e hidroterapia, possibilitando uma melhora das vias respiratórias, alongando o sistema muscular e melhorando o desempenho das vias circulatórias, proporcionando ao paciente reassumir todos os aspectos da vida em seu próprio meio. O paciente precisa realizar mudanças no estilo de vida, para que essa regulação da pressão arterial seja constante, e assim possa promover a redução no consumo de doses de medicamentos, diminuindo os efeitos colaterais do tratamento medicamentoso.


Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia



COMENTE O POST

Coloque no Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Shopping