Pilates e a reabilitação







O pilates trabalha todos os músculos em seu corpo de maneira uniforme, sem deixar algum grupo sobre ou sub treinado, mas buscando sempre o equilíbrio. Além disso, os exercícios praticados não geram o impacto que algumas atividades físicas causam.

O corpo forte e equilibrado que o pilates proporciona tem menor probabilidade de sofrer algum tipo de lesão, se comparado a um corpo desequilibrado. Tanto que o método é recomendado, muitas vezes, por ser uma ferramenta de reabilitação para prevenir e melhorar a dor nas costas sem a necessidade de medicação, por exemplo.


A centralização – um dos princípios do método Pilates – tem como objetivo o fortalecimento do Power House (Centro de força) descrito assim por Joseph Pilates. Seu fortalecimento promove a proteção da coluna vertebral por ser composto pela musculatura do tronco como reto abdominal, oblíquos interno e externo, quadrado lombar.

E, mais profundamente, o transverso abdominal, multifidos e paravertebrais, além dos glúteos máximo, médio, mínimo e assoalho pélvico, que estão intimamente ligados com a estabilização da nossa coluna vertebral.

O Mat Pilates também pode ser utilizado com foco em reabilitação. Isso é possível porque os exercícios são bem completos e trabalham com pouco impacto. Devem ser realizados de maneira segura, sempre dentro da amplitude permitida, sempre dentro do ritmo do paciente, e que é indispensável que o instrutor tenha amplo conhecimento da técnica e da patologia em questão e realize uma avaliação previamente.

Tenha material para estudar Pilates

O Mat Pilates proporciona inúmeros benefícios aos praticantes. Listamos aqui os mais relevantes para a reabilitação de pacientes
  • Resultados sem desgaste físico;
  • Melhora na postura;
  • Fortalecimento dos músculos;
  • Aumento da resistência física;
  • Melhora nos movimentos das articulações;
  • Fortalecimento dos órgãos internos;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Melhora na capacidade respiratória;
  • Alívio de dores crônicas;
  • Trabalha o condicionamento físico e mental;
  • Elimina toxinas presentes no organismo;
  • Auxilia na drenagem linfática para evitar a retenção de líquidos;
  • Resultados duradouros;
  • Aumento da força.
As lesões e patologias podem ser muito doloridas, porém todos nós corremos o risco de enfrentar algum tipo delas em qualquer situação de nossas vidas.

Praticar Pilates pode reduzir significativamente o risco de adquirir esse tipo de problema além de reabilitar as pessoas que já possuem alguma patologia do tipo.

Sendo assim podemos dizer que Pilates na reabilitação funciona sim! Até porque seus exercícios são totalmente voltados para o nosso corpo e mente nos proporcionando uma saúde melhor e um bom condicionamento físico.
Porém, algumas vezes a fisioterapia convencional não pode ser substituída. Muitas técnicas que são usadas na fisioterapia são importantes na recuperação de algumas lesões.


Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Tecnologia do Blogger.