Tipos e Benefícios da Liberação Miofascial








Liberação miofascial é uma palavra que é frequentemente ouvida nos mundos da fisioterapia, quiropraxia, massagem terapêutica e muito mais. Enquanto a maioria das pessoas sabe que existem algumas técnicas de massagem envolvidas na restrição miofascial, a maioria das pessoas não sabe exatamente o que é, o que pode tratar e como é implementado. Antes de sabermos mais sobre essa terapia, vamos dar uma recapitulada sobre o que é FASCIA.

A fáscia também é conhecida como tecido conjuntivo. É um sistema do corpo que é colagenoso e elástico. É uma folha laminada contínua de tecido que se estende sem interrupção do topo da cabeça até a ponta dos dedos; Ele envolve e invade todos os outros tecidos e órgãos do corpo, incluindo nervos, vasos, músculos e ossos.

Como a fáscia permeia todas as regiões do corpo e está toda interconectada, quando cicatriza e endurece em uma área, ela coloca tensão e, portanto, dor em outras áreas do corpo próximas a uma restrição fascial. Cicatrização e endurecimento da fáscia em uma região do corpo podem ser secundários a lesões traumáticas, inflamações e doenças. É quase sempre uma questão que deve ser abordada após a cirurgia. Algumas pessoas têm sintomas de dor bizarros que parecem não estar relacionados com o local da lesão original, mas se você encontrar um fisioterapeuta que trate as restrições miofasciais, é possível identificar e usar a liberação miofascial para tratar a maioria dos pacientes que atravessam a porta.

A liberação miofascial pode ser realizada com ou sem instrumentos, ou seja, de forma manual:

  • Liberação miofascial manual envolve o uso de técnicas como fricção, deslizamento, compressão, alongamento, percussão e vibração
  • Liberação miofascial com instrumentos pode ser feita com vários instrumentos, como rolo ou até mesmo bola de tênis. Porém, existem instrumentos de uso profissional que foram desenvolvidos para aliviar a sobrecarga sobre a mão do terapeuta e também para alcançar áreas em que a mão não consegue alcançar.

Os benefícios da liberação miofascial:

• Liberar as tensões e dores musculares crônicas;
• Liberar o movimento das articulações e melhora a flexibilidade;
• Modificar a distribuição da massa muscular;
• Promover e melhorar o desempenho da circulação e da respiração;
• Promover mudanças progressivas nos níveis físico e emocional;
• Aumentar a consciência corporal;
• Promover maior mobilidade e maior amplitude de movimento;
• Reduzir a rigidez arterial e melhorar a função endotelial vascular.

Muitas pessoas acreditam que existe uma mentalidade "Sem dor, sem ganho" com terapia manual em sessões de fisioterapia, entretanto a liberação miofascial é geralmente uma forma extremamente leve e suave de alongamento que tem um profundo efeito sobre os tecidos do corpo.

Use e abuse dos dois tipos de Liberação Miofascial para a melhora dos movimentos.

Se você quiser saber mais sobre Liberação Miofascial, vou te indicar um curso da Cefisa excelente para você. Clique aqui e saiba mais!



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui


Você não pode perder

Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Tecnologia do Blogger.